Porto Alegre

23ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, sexta-feira, 23 de Fevereiro de 2018

  • 08/02/2018
  • 16:18
  • Atualização: 16:20

Norte-coreanos são recebidos com festa na Vila Olímpica

Coreia do Norte aproveita plenamente a exposição midiática para revelar suas múltiplas facetas

Festas e músicas serviram de recepção aos atletas da Coreia do Norte na Vila Olímpica | Foto: Jung Yeon-Je / AFP / CP

Festas e músicas serviram de recepção aos atletas da Coreia do Norte na Vila Olímpica | Foto: Jung Yeon-Je / AFP / CP

  • Comentários
  • AFP

Festas e músicas serviram nesta quinta-feira de recepção aos atletas da Coreia do Norte na Vila Olímpica dos Jogos de Pyeongchang-2018, enquanto este país organizava um desfile militar do outro lado da fronteira. Ao mesmo tempo, começavam as competições à espera da cerimônia de abertura, na sexta-feira. Música e carros de combate, militares e animadoras de torcida: a Coreia do Norte aproveita plenamente a exposição midiática por conta dos Jogos, organizados na terra de seu vizinho do sul, para revelar suas múltiplas facetas.

A recepção da delegação norte-coreana na Vila Olímpica foi mais festiva que o esperado nesta quinta, com as duas Coreias se divertindo juntas, cantando e dançando. Estes "Jogos da Paz", como foram chamados pela Coreia do Sul, permitiram há um mês uma espetacular aproximação entre os dois países, quando as tensões aumentaram nos últimos meses por conta das ambições nucleares da Coreia do Norte.

Os 22 atletas norte-coreanos convidados, acompanhados de dirigentes e de 80 animadoras, entraram oficialmente nesta quinta-feira na Vila Olímpica de Gangneung, localidade costeira que abriga as provas de gelo dos Jogos. As expressões sérias da delegação norte-coreana mudaram quando as animadoras vindas de seu país se apresentaram. 

Animadoras norte-coreanas

Em sua terceira canção, os atletas norte-coreanos, que estavam alinhados em frente a elas, começaram a dançar, antes de convidar os voluntários sul-coreanos que trabalham nos Jogos para fazerem o mesmo. "Tive um pouco de medo no início porque não demonstravam nada, só batiam palmas. Estavam muito sérios", explicou Jeon Moon-Kyung, uma voluntária de 15 anos. "Mas depois nos pediram com verdadeiro entusiasmo que nos juntássemos a eles para dançar", acrescentou. Sua amiga Choi Myo-Seon teve a mesma sensação: "durante um momento foi como se o muro que nos separa tivesse evaporado", declarou.

A aproximação entre as duas Coreias se materializa nesses Jogos com um desfile comum dos atletas na cerimônia de abertura, na sexta-feira, e com a equipe unificada de hóquei feminino sobre o gelo. Enquanto isso, a 200 quilômetros dali, a Coreia do Norte realizava nesta quinta um desfile militar em Pyongyang, uma demonstração de força na véspera da cerimônia de abertura dos Jogos.

O país aproveitou a grande projeção midiática dos Jogos de Pyeongchang enviando para a Coreia do Sul um grupo de artistas, centenas de animadoras, atletas e até a irmã do dirigente norte-coreano Kim Jong-Un, que terá um almoço no sábado com o presidente sul-coreano, Moon Jae-In. A estrela russa do short track Viktor Ahn, seis vezes campeão olímpico, e o biatleta Anton Shipulin saberão na sexta-feira se vão poder participar dos Jogos, anunciou nesta quinta-feira o Tribunal Arbitral do Esporte (TAS), encarregado de tomar a decisão.

Ahn e Shipulin seguem à espera

Ahn e Shipulin fazem parte de um grupo de 47 atletas russos que o Comitê Olímpico Internacional (COI) não convidou aos Jogos por suspeitas de dopping que pesam sobre a Rússia e provocaram a suspensão do Comitê Olímpico Russo (ROC). Até quinta-feira, apenas 168 atletas russos "limpos" foram admitidos a participar dos Jogos, mas sob a bandeira olímpica e com o nome de Atletas Olímpicos da Rússia (OAR). O TAS anunciará sua decisão sobre Ahn e Shipulin na sexta-feira às 11h00 locais (08h00 de Brasília).

O TAS se declarou nesta quinta-feira incompetente para julgar o recurso de outros 13 atletas e técnicos. Estes 13 russos também apelaram da sentença do COI de não convidá-los aos Jogos de Pyeongchang, cuja cerimônia de abertura está prevista para sexta-feira. No entanto, as primeira competições dos Jogos começaram nesta quinta-feira. O início das quatro partidas de curling de duplas aconteceu de forma simultânea às 09h05 locais (22h05 de Brasília de quarta-feira) no Centro de Curling de Gangneung.