Porto Alegre

17ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, sábado, 27 de Maio de 2017

  • 05/05/2017
  • 09:50
  • Atualização: 09:53

Djokovic anuncia demissão do técnico Marian Vajda

Atleta sérvio também decidiu mudar de preparador físico e fisioterapeuta

Djokovic anuncia demissão do técnico Marian Vajda | Foto: Miguel Medina / AFP / CP

Djokovic anuncia demissão do técnico Marian Vajda | Foto: Miguel Medina / AFP / CP

  • Comentários
  • AFP

O tenista sérvio Novak Djokovic decidiu encerrar o trabalho com o técnico Marian Vajda e toda sua equipe de treinamento para tentar um novo estímulo a sua carreira. O atual número dois do ranking mundial trabalhava com Vajda, ex-jogador eslovaco, há quase 11 anos (junho de 2006).

O atleta sérvio também decidiu mudar de preparador físico e fisioterapeuta, no que descreveu como uma "terapia de choque". "Sou um caçador e meu maior objetivo é encontrar a faísca vencedora na quarta outra vez", disse Djokovic, 29 anos.

O sérvio, que perdeu a liderança do ranking para o britânico Andy Murray no fim do ano passado, foi eliminado em abril nas quartas de final do Masters de Monte Carlo pelo belga David Goffin. Em janeiro Djokovic foi eliminado na segunda rodada do Aberto da Austrália, onde defendia o título.

O tenista sérvio destacou a necessidade de uma mudança de importante e disse que chegou a um "acordo mútuo" com Vajda, o preparador físico Gebhard Phil Gritsch e o fisioterapeuta Miljan Amanovic. Também informou que pensa em um novo técnico, mas não deseja tomar uma decisão precipitada.

"Quero buscar a maneira de retornar ao topo mais forte", declarou Djokovic. "Tenho muita fé neste processo e por isto vou levar tempo para buscar a pessoa adequada com a qual possa me conectar profissionalmente", completou o sérvio.

No momento, Djokovic vai seguir o circuito profissional sozinho, com o apoio da família e seu agente. "Novak pode fazer muito mais e tenho certeza de que o fará", declarou Vajda.


TAGS » Tênis, Esporte, Djokovic