Porto Alegre

16ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, quarta-feira, 26 de Julho de 2017

  • 08/05/2017
  • 18:36
  • Atualização: 19:20

Renan aposta na base campeã olímpica ao convocar para Liga Mundial de Vôlei

Novo treinador da seleção manteve base da equipe, com exceção de Serginho e William

Novo treinador da seleção manteve equipe que conquistou a medalha de ouro nos Jogos Olímpicos do Rio | Foto: Divulgação / CBV / CP

Novo treinador da seleção manteve equipe que conquistou a medalha de ouro nos Jogos Olímpicos do Rio | Foto: Divulgação / CBV / CP

  • Comentários
  • AE

O técnico Renan Dal Zotto anunciou, nesta segunda-feira, o nome dos 18 convocados da seleção brasileira masculina de vôlei para a disputa da Liga Mundial. Em sua primeira lista para uma competição, o novo treinador manteve a base que conquistou a medalha de ouro nos Jogos Olímpicos do Rio, em agosto do ano passado.

Dos 12 jogadores campeões no Rio-2016, dez foram chamados nesta segunda. Serginho e William foram os atletas que ficaram de fora. O primeiro se aposentou ao fim da Olimpíada e o segundo pediu para não ser incluído na lista porque queria passar mais tempo com a família ao fim da Superliga - ele ajudou o Cruzeiro a conquistar o título, no último domingo.

"Tive uma conversa com o William e falei que contava com ele. Ele me explicou desse compromisso familiar após a Superliga, o que é justo. Agradeceu nossa conversa e eu disse que contava com ele a princípio até o Mundial. Ele respondeu na hora que iria até os Jogos Olímpicos (de 2020). Que bom que ele está com essa cabeça. É um jogador diferenciado", afirmou.

Renan exaltou a longevidade dos campeões olímpicos para justificar a decisão de manter a base do Rio-2016. "Sabemos que esporte é momento. Eu vejo os atletas, com a evolução tecnológica, tendo uma longevidade maior o que é muito interessante", argumentou. "Todos os outros estão em totais condições de participar da seleção brasileira. É justo fazer com que esses atletas joguem a fase final da Liga Mundial no Brasil", acrescentou.

Entre as novidades no elenco, estão o ponteiro Rodriguinho, do Cruzeiro, e o central Otávio, do Taubaté. Além deles, outros sete jogadores que estavam na final da Superliga foram convocados por Renan. Todos ganharam uma semana de folga e só vão se apresentar à seleção na próxima segunda-feira.

A lista de 18 jogadores é a segunda anunciada por Renan desde que ele assumiu a seleção no início do ano, em substituição a Bernardinho, que comandara o time por 17 anos. Na primeira convocação, Renan chamou 12 jogadores somente para sessões de treinos.

Nas últimas semanas, ele vem convocando, pontualmente, jogadores de clubes eliminados de forma precoce na Superliga. O levantador Bruninho, o central Lucão e o ponteiro Douglas Souza, todos do Sesi-SP, já sabiam que estariam na lista divulgada por Renan nesta segunda. O Sesi caiu nas semifinais da Superliga ao perder para o Taubaté, que viria a ficar com o vice-campeonato. "Esse é um ano muito importante para o voleibol brasileiro. É um novo ciclo olímpico após a conquista do ouro no Rio de Janeiro. Temos focos muito claros. A curto prazo a Liga Mundial, a médio prazo o Mundial de 2018 e a longo prazo os Jogos Olímpicos de Tóquio, em 2020."