Porto Alegre, sexta-feira, 24 de Outubro de 2014

  • 05/07/2014
  • 19:33
  • Atualização: 19:45

Prefeituras aguardam liberação da RSC 153

Tráfego entre Vale do Sol e Herveiras está bloqueado devido à enxurrada

Tráfego entre Vale do Sol e Herveiras está bloqueado devido à enxurrada | Foto: Lula Henfel / Gazeta do Povo / CP

Tráfego entre Vale do Sol e Herveiras está bloqueado devido à enxurrada | Foto: Lula Henfel / Gazeta do Povo / CP

  • Comentários
  • Correio do Povo

A interrupção do tráfego na RSC 153, entre Vale do Sol e Herveiras, preocupa os prefeitos dos municípios próximos diante dos transtornos em serviços e prejuízos na economia. A rodovia está bloqueada entre os kms 300 e 311, em Vale do Sol, desde o deslizamento de terra e rochas ocorrido em 28 de junho, após a enxurrada ocorrida na região. O Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer) iniciou o estudo geológico, mas ainda não há previsão de quando o material será removido da pista. Como há risco de novos desmoronamentos, qualquer intervenção só poderá ser feita com a conclusão desse levantamento.

Os prefeitos de Barros Cassal, Gramado Xavier, Herveiras, Vale do Sol, Boqueirão do Leão e Sinimbu têm audiência com a direção da autarquia na segunda-feira, em Porto Alegre. O objetivo é mostrar os problemas com a interrupção e conhecer as medidas previstas.

Além da redução no movimento de veículos de carga pela rodovia, os municípios da área serrana do Vale do Rio Pardo enfrentam transtornos, como dificuldade de deslocamentos de servidores. Além disso, moradores e motoristas têm de traçar rotas alternativas. O Daer recomenda o desvio pelo acesso a Sinimbu ou à localidade de Pinhal Santo Antônio para os veículos que se deslocam entre a área serrana e Santa Cruz do Sul. A autarquia decretou situação de emergência para a RSC 153, o que agilizará a contratação dos serviços de recuperação.

Também devido às chuvas, quatro federais prosseguem com bloqueios no Estado. No km 317 da BR 158, em Santa Maria, o trânsito está em meia pista, das 8h às 18h. A liberação, porém, ocorre só com tempo bom. O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) monitora o local. Na BR 153, há bloqueio total no km 2 e parcial no km 5. A autarquia realizou levantamentos na busca de soluções. Na ponte sobre o rio Uruguai em Iraí, na BR 386, o trânsito continua bloqueado para caminhões bitrens. Demais veículos podem trafegar em meia pista. Na BR 472, o trânsito sobre a ponte do rio Ibicuí está interrompido devido à cheia.

Bookmark and Share