Correio do Povo

Porto Alegre, 20 de Setembro de 2014


Porto Alegre
Agora
16ºC
Amanhã
11º 19º


Faça sua Busca


Notícias > Economia

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

07/07/2014 12:29 - Atualizado em 07/07/2014 12:32

Cesta básica de Porto Alegre cai 4% em junho, aponta Dieese

Capital gaúcha tem terceiro valor mais caro do Brasil, perdendo apenas para São Paulo e Florianópolis

Em junho, a cesta básica de Porto Alegre registrou queda de 4% passando a custar R$ 351,36, divulgou nesta segunda-feira o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese).

Na avaliação mensal, dos treze produtos que compõem o conjunto de gêneros alimentícios essenciais previstos, sete registraram queda em junho, sendo os maiores recuos verificados no tomate (-19,23%), seguido pela batata (-12,54%), banana (-6,22%) e pelo o feijão (-4,93%). As maiores altas foram registradas na farinha (6,12%) e na carne (2,34%). O açúcar foi o único item que não registrou variação de preço no mês e no acumulado no ano.

Em doze meses a cesta acumula alta de 6,74%. O salário mínimo necessário está estimado em R$ 2 979,25, ou seja, 4,11 vezes o mínimo em vigor, de R$ 724,00. Representou 52,75% do salário mínimo líquido, contra 54,95% em maio de 2014 e 52,77% em junho de 2013.

Cesta básica tem queda no valor em 10 das 18 cidades pesquisadas

Os preços do conjunto de bens alimentícios essenciais diminuíram em 10 capitais das 18 pesquisadas, de acordo com pesquisa realiza mensalmente pelo Dieese. As maiores quedas foram registradas em Belo Horizonte (-7,33%), Campo Grande (-4,55%), Porto Alegre (-4,%) e São Paulo (-3,25%). As altas mais expressivas foram observadas no Norte e Nordeste: Manaus (6,08%), João Pessoa (3,43%), Aracaju (2,45%) e Recife (1,53%). Florianópolis foi a única capital do Sul que apresentou aumento no valor da cesta (0,98%).

São Paulo foi a cidade onde se apurou o maior valor para a cesta básica, cerca de R$ 354,63, e apresentou a quarta maior variação negativa, de -3,25%, em relação a maio. A segunda maior cesta foi observada em Florianópolis, R$ 353,76, seguida por Porto Alegre, R$ 351,36. Os menores valores médios da cesta foram verificados em Aracaju, R$ 247,64; Salvador, R$ 278,97; e João Pessoa, R$ 281,70.

Bookmark and Share


Fonte: Correio do Povo






O que você deseja fazer?

Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.