Porto Alegre, quinta-feira, 18 de Dezembro de 2014

  • 07/07/2014
  • 14:33
  • Atualização: 14:57

Clínicas opera com emergência superlotada na Capital

Hospital Centenário de São Leopoldo teve atendimento fechado após atingir quatro vezes a capacidade

  • Comentários
  • Ananda Müller / Rádio Guaíba

A emergência do Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA) opera superlotada nesta segunda-feira. Há 142 pessoas internadas em um local com 49 vagas, e 12 crianças na ala pediátrica, onde em condições ideais cabem nove. A administração pede que os pacientes procurem outros hospitais ou, em casos menos graves, os postos de saúde.

A emergência do Hospital Centenário, em São Leopoldo, foi fechada temporariamente na manhã desta segunda-feira após o número de pacientes atingir quase quatro vezes a capacidade. São 62 internos para apenas 16 vagas e a assessoria de imprensa do hospital fala que macas e camas disponíveis em outros setores já foram utilizadas para acomodar provisoriamente os pacientes. A grande incidência de doenças respiratórias, típicas do período, é um dos motivos que levaram à superlotação.

A decisão de fechar o pronto-socorro vem no sentido de garantir segurança aos próprios internos e funcionários, uma vez que é grande o risco de contaminação devido à superlotação no espaço. A orientação é de que a comunidade que necessite de atendimento médico na cidade e na região busque outros hospitais, como nos municípios de Sapucaia e Novo Hamburgo. O hospital esclarece que os 250 leitos disponíveis fora do setor de emergência também estão ocupados e a prioridade dessas vagas vai ser dada a pacientes aguardando leitos na emergência. Ainda não há previsão de reabertura do atendimento do pronto-socorro à população.


Bookmark and Share