Porto Alegre, quinta-feira, 18 de Dezembro de 2014

  • 07/07/2014
  • 15:42
  • Atualização: 16:01

MP apreende carne vencida em mercado e escola infantil de Arvorezinha

Produto recolhido estava sem procedência e inadequado para o consumo

Produto recolhido estava sem procedência e inadequado para o consumo | Foto: Divulgação / MP / CP

Produto recolhido estava sem procedência e inadequado para o consumo | Foto: Divulgação / MP / CP

  • Comentários
  • Rádio Guaíba

Uma operação do Ministério Público, deflagrada em conjunto com a Vigilância Sanitária e a Polícia Civil, apreendeu nesta segunda-feira cerca de uma tonelada de carne sem procedência e inadequada para o consumo no município de Arvorezinha, no Vale do Taquari. Os alimentos foram encontrados com o prazo de validade vencido e sem o acondicionamento devido em um mercado da cidade e na Escola Municipal Infantil Professora Diva Maria Sabedotti Fornari.

A ação foi coordenada pelos promotores de Justiça Paulo Estevam Costa Castro Araújo e Alcindo Luz Bastos da Silva Filho. Informações de pais de alunos foram levadas em conta na investigação sobre a carne. Ainda não há relatos sobre eventuais problemas de saúde gerados pelo consumo do produto.

De acordo com o MP, na escola municipal foram encontrados 15 quilos de carne moída imprópria para o consumo, que era servida para os alunos do estabelecimento escolar. O restante estava no mercado. Conforme o promotor Paulo Estevam, o dono do mercado, de onde a escola havia adquirido a carne, foi preso. Segundo o MP, o produto era comercializado de forma clandestina.

Bookmark and Share