Porto Alegre, sexta-feira, 31 de Outubro de 2014

  • 08/07/2014
  • 14:21
  • Atualização: 14:33

Justiça nega liberdade de um dos acusados de matar publicitário

Lairson José Kunzler foi morto no dia 24 de fevereiro em Porto Alegre

  • Comentários
  • Rádio Guaíba

Um dos acusados de participar da morte do publicitário Lairson José Kunzler, de 68 anos, teve negado o pedido de liberdade. A juíza Cláudia Sulzbach, da 1ª Vara Criminal do Foro da Tristeza, alegou que não foram apresentados novos elementos que tornem possível a mudança de posicionamento em relação à prisão preventiva.

Kunzler foi morto no dia 24 de fevereiro, após sacar R$ 44,2 mil em um banco no bairro Moinhos de Vento. Ele foi abordado ao ingressar na sua residência. A delegada Áurea Hoppel conseguiu, através de câmeras de segurança, apresentar o percurso da vítima. Nove pessoas foram indiciadas inicialmente, mas apenas dois foram denunciados e apenas continua preso. 

Bookmark and Share