Correio do Povo

Porto Alegre, 27 de Agosto de 2014


Porto Alegre
Agora
11ºC
Amanhã
18º


Faça sua Busca


Notícias > Polícia

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

08/07/2014 14:21 - Atualizado em 08/07/2014 14:33

Justiça nega liberdade de um dos acusados de matar publicitário

Lairson José Kunzler foi morto no dia 24 de fevereiro em Porto Alegre

Um dos acusados de participar da morte do publicitário Lairson José Kunzler, de 68 anos, teve negado o pedido de liberdade. A juíza Cláudia Sulzbach, da 1ª Vara Criminal do Foro da Tristeza, alegou que não foram apresentados novos elementos que tornem possível a mudança de posicionamento em relação à prisão preventiva.

Kunzler foi morto no dia 24 de fevereiro, após sacar R$ 44,2 mil em um banco no bairro Moinhos de Vento. Ele foi abordado ao ingressar na sua residência. A delegada Áurea Hoppel conseguiu, através de câmeras de segurança, apresentar o percurso da vítima. Nove pessoas foram indiciadas inicialmente, mas apenas dois foram denunciados e apenas continua preso. 

Bookmark and Share

Fonte: Rádio Guaíba






O que você deseja fazer?

Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.