Correio do Povo

Porto Alegre, 21 de Agosto de 2014


Porto Alegre
Agora
26ºC
Amanhã
15º 29º


Faça sua Busca


Notícias > Geral

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

08/07/2014 18:15 - Atualizado em 08/07/2014 18:24

Governador visita áreas alagadas da Fronteira e garante verbas emergenciais

Em Uruguaiana, Tarso informou que R$ 8 milhões serão destinados aos afetados por enchentes

O governador Tarso Genro esteve em Uruguaiana, nesta terça-feira, para conhecer de perto a situação dos cerca de 6 mil desabrigados e 236 desalojados do município da Fronteira Oeste, um dos mais atingidos pela cheia do Rio Uruguai. Além de prestar solidariedade às famílias, ele falou das medidas que estão sendo executadas para minimizar os problemas e para que as pessoas e a cidade possam voltar à normalidade tão logo as águas baixem. Tarso reiterou a liberação de R$ 8 milhões para as ações emergenciais em 124 cidades gaúchas – duas delas, Iraí e Barra do Guarita, em estado de calamidade pública.

“As ações estão estruturadas em três etapas: nesta primeira, conhecendo e atacando os problemas emergenciais dos municípios e das pessoas atingidas; em seguida, com a recuperação dos estragos, e, em um terceiro momento, as reformas estruturais”, disse o governador. 

Tarso, que conferiu as áreas mais alagadas da cidade e ainda visitou um galpão da Guarda Municipal de Uruguaiana, onde 127 pessoas estão alojadas, relatou que a partir da próxima segunda-feira os primeiros recursos devem chegar à região. Também na semana que vem, está prevista a remessa dos recursos federais, porém ainda não há valor exato, o que depende do relatório de danos enviado pelas prefeituras.

Na área da Regional de Uruguaiana da Defesa Civil estadual, com 14 municípios, quatro foram atingidos pelas enchentes: São Borja, Uruguaiana, Itaqui e Barra do Quaraí, sendo que as três primeiras estão com situação de emergência decretada. As cidades já estão recebendo ajuda humanitária, porém, com a chegada do frio, as famílias seguem necessitando de roupas, alimentos e cobertores.

“Quem puder que siga doando, entre em contato com a Regional da Defesa Civil ou procure um dos pontos de recebimento de donativos”, apelou o coordenador regional da Defesa Civil, capitão Gerson Corrêa de Melo.Em São Borja, são 2,4 mil fora de casa e, em Itaqui, 10 mil. Segundo Melo, os donativos já chegaram a Uruguaiana e São Borja, e, para Itaqui, estão a caminho.

Bookmark and Share

Fonte: Rádio Guaíba






O que você deseja fazer?

Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.