Porto Alegre, sexta-feira, 21 de Novembro de 2014

  • 08/07/2014
  • 22:54
  • Atualização: 23:01

Rio Uruguai baixa e vaca é encontrada em cima de poste

Fato inusitado ocorreu na localidade de Mercedes, em São Borja

Vaca foi arrastada pela correnteza | Foto: Pablo Gonçalves / Divulgação / CP

Vaca foi arrastada pela correnteza | Foto: Pablo Gonçalves / Divulgação / CP

  • Comentários
  • Correio do Povo

À medida que a cheia do rio Uruguai vai diminuindo na Fronteira-Oeste, descortina-se também um rastro de devastação e cenas inusitadas. Em São Borja, na localidade de Mercedes, uma vaca foi encontrada presa à fiação elétrica e a um poste. O animal deve ter sido arrastado pela correnteza, morrido e ficado enroscado à rede.

O caso ocorreu na propriedade arrendada pelo produtor Aldo Marino Heck. Ele diz que o fato foi notado na segunda-feira, a cerca de meio quilômetro do rio, e não soube informar de onde procederia a vaca. O Uruguai continua baixando em São Borja, mas, das cerca de 3 mil pessoas afetadas, mil ainda não puderam voltar para casa.

Em Itaqui, o rio baixou ontem 1,22 metro e media 11,98 metros. O número de desabrigados e desalojados mantém-se em 10,8 mil. Segundo o coordenador da Defesa Civil, Marcos dos Santos, os moradores iniciaram a limpeza das primeiras casas afetadas, mas o retorno ocorre apenas nesta quinta ou sexta. Equipe da prefeitura realiza levantamento dos prejuízos, e a dimensão dos problemas só poderá ser conhecida quando o manancial medir menos de 11 metros. Em Uruguaiana, com 6 mil atingidos, o rio Uruguai baixa lentamente. Também houve discreta redução no rio Quaraí, em Barra do Quaraí.

Levantamento da Defesa Civil aponta que há 149 cidades atingidas pelas chuvas – 126 em situação de emergência. Até a tarde desta terça, 18,3 mil pessoas seguiam fora de cas.

Bookmark and Share