Porto Alegre, domingo, 26 de Outubro de 2014

  • 10/07/2014
  • 11:37
  • Atualização: 11:40

Número de pessoas fora de casa no Estado cai para 18,1 mil

Enchentes atingiram 157 municípios e 131 cidades decretaram situação de emergência

  • Comentários
  • Correio do Povo

O número de pessoas fora de casa no Rio Grande do Sul por conta das enchentes diminuiu para 18,1 mil, de acordo com o último boletim divulgado pela Defesa Civil nesta quinta-feira. Segundo os dados reunidos pelo órgão, o número de desabrigados é de 1.271 e o de desabrigados caiu para 16.905. As fortes chuvas atingiram 157 municípios e 131 cidades decretaram situação de emergência. Duas localidades - Barra do Guarita e Iraí - anunciaram estado de calamidade pública.

•União reconhece emergência em 124 cidades gaúchas devido às cheias

Além de deixar milhares de pessoas fora de casa, as enchentes causaram duas mortes, conforme a Defesa Civil. Os municípios de Arroio Tigre e Jacutinga registraram uma morte cada.

A Fronteira-Oeste ainda registra a situação mais preocupante quanto à enchente no Estado. Em Itaqui, o rio Uruguai recuou 1,84 metro nessa quarta e estava 11,36 metros acima do normal à tarde. Os primeiros moradores entre os 10,8 mil atingidos retornaram para casa, segundo o secretário de Assistência Social, Rivaldo Goulart da Silva. Mas a grande maioria permanece no Ginásio do Clube Cassino, piquetes e centros comunitários, além de residências de parentes. Equipes de assistentes sociais e psicólogos percorrem as áreas afetadas para levantar prejuízos e necessidades das famílias.

Doação de água mineral pela Polícia Civil de Bento Gonçalves já está na cidade. De Cascavel (PR) e de Panambi, são esperadas cargas de donativos. A maior necessidade é de madeira. Das 294 casas volantes removidas pela cheia, 50% não têm condições de retornar ao local de origem, e há ainda dezenas de moradias danificadas. Para doar, o contato é (55) 3433-2066.

Bookmark and Share