Porto Alegre, sexta-feira, 31 de Outubro de 2014

  • 11/07/2014
  • 08:02
  • Atualização: 08:05

Putin quer desenvolver sistema para garantir segurança da informação

Presidente russo afirmou que ciberespionagem é ataque direto à soberania e uma violação dos direitos humanos

Presidente russo afirmou que ciberespionagem é ataque direto à soberania e uma violação dos direitos humanos | Foto: Mikhail Klimentyev / Ria-Novosti / AFP / CP

Presidente russo afirmou que ciberespionagem é ataque direto à soberania e uma violação dos direitos humanos | Foto: Mikhail Klimentyev / Ria-Novosti / AFP / CP

  • Comentários
  • AFP

O presidente russo, Vladimir Putin, chamou de "hipocrisia" a vigilância eletrônica dos Estados Unidos e anunciou que deseja desenvolver um sistema para garantir a segurança da informação.

"A ciberespionagem não é apenas uma demonstração da hipocrisia manifesta entre aliados e sócios, mas também um ataque direto à soberania e uma violação dos direitos humanos, uma invasão da vida privada", disse Putin à agência de notícias Itar-Tass. "Estou disposto a desenvolver conjuntamente um sistema que garanta a segurança da informação internacional", completou, um dia antes de uma viagem à América Latina.

Em 2013, as revelações de Edward Snowden, ex-funcionário do serviço de inteligência do governo americano, destacaram um vasto programa de ciberespionagem dos Estados Unidos em todo o mundo.

Bookmark and Share