Porto Alegre, sábado, 25 de Outubro de 2014

  • 12/07/2014
  • 21:31
  • Atualização: 21:58

Gaza tem dia mais violento desde início de ofensiva israelense com 52 mortos

Total de vítimas chega a 157 desde início dos ataques

  • Comentários
  • AFP

Pelo menos 52 palestinos morreram neste sábado nos ataques israelenses contra a Faixa de Gaza, no dia mais sangrento desde o início das hostilidades, na terça-feira, elevando o número total de mortos para 157, de acordo com os serviços de emergência palestinos.

• Conselho de Segurança da ONU pede cessar-fogo em Gaza

O ataque mais violento, ocorrido na noite deste sábado no bairro de Tuffah em Gaza, deixou 18 mortos, de acordo com o porta-voz dos serviços de emergência, Ashraf al-Qudra, que indicou que uma mesquita e uma casa tinham sido atingidas. Entre os cerca de cinquenta feridos está o chefe de polícia Tayseer al-Batsh.

Em um outro ataque também à noite, três pessoas morreram em Rafah (sul) e outra, em Jabaliya. Durante a manhã, duas mulheres morreram quando um míssil atingiu um abrigo em Beit Lahiya (norte). Já no bairro de Cheikh Radouane, no oeste de Gaza, seis palestinos perderam a vida. Os seis, com idades entre 21 e 58 anos, estavam sentados diante de uma casa quando ela foi atingida por um míssil israelense.

Entre as vítimas dos ataques estão dois sobrinhos do líder do Hamas no enclave, Ismail Haniyeh, de acordo com moradores que os identificaram como Nidal e Alaa Malach.

Bookmark and Share