Porto Alegre, sábado, 1 de Novembro de 2014

  • 16/07/2014
  • 16:23
  • Atualização: 16:49

Prefeitura de Erval Grande é notificada por construção de desvio na RSC 480

Daer disse que o município, em parceria com empresários, fez a construção provisória sem orientação técnica

Desvio fica entre os kms 5,7 e 4,7 da RSC 480 | Foto: Gilvany Nonnemacher / Divulgação / CP

Desvio fica entre os kms 5,7 e 4,7 da RSC 480 | Foto: Gilvany Nonnemacher / Divulgação / CP

  • Comentários
  • Rádio Guaíba

O Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer) notificou nesta quarta-feira a prefeitura de Erval Grande e pediu ao município que os acessos a um desvio feito sem autorização sejam bloqueados para evitar risco de acidentes. Segundo o Daer, é grande o risco de que deslizamentos de terra sigam ocorrendo no km 5 da RSC 480, em Erval Grande, no Alto Uruguai. O trecho segue interditado, desde o fim de junho, em razão da chuva em excesso no Alto Uruguai. A ação do clima provocou a queda de barreiras e rachaduras no asfalto.

O desvio

Segundo o diretor de Infraestrutura Rodoviária do Daer, Carlos Alexandre Toniolo, o município, em parceria com empresários, construiu o desvio provisório sem orientação técnica. O percurso, de aproximadamente 1 quilômetro de extensão, fica entre os kms 5,7 e 4,7 da RSC 480 e passa por propriedades particulares, fora da área de jurisdição do Departamento.

Para o diretor de Gestão e Projetos da autarquia, Miguel Molina, a empresa Ecoplan Engenharia Ltda. – que firmou um Contrato de Apoio Técnico com o Daer – finaliza o levantamento topográfico do local. Um geotécnico da Ufrgs relatou que as encostas seguem se movimentando e que ainda há um volume considerável de água correndo pela pista. Um projeto de drenagem do trecho deve ser concluído até o fim de julho.

O diagnóstico completo do local vai ser usado para dar início ao projeto de um desvio na lateral da RSC 480, junto ao trecho interditado, em faixa única e com o tráfego controlado pelo Daer, até que se encontre uma solução definitiva para a rodovia.


Estradas bloqueadas

Em dez estradas, ainda há trânsito interrompido (4) ou restrito (6) em função das chuvas em excesso das últimas semanas no Rio Grande do Sul. Os trechos com bloqueio total só devem ser liberados em agosto. Confira a listagem completa:

Bloqueios totais:

BR 153: km 2, em Marcelino Ramos, na localidade de Estreito. Bloqueio nos dois sentidos em razão de rachaduras no asfalto. O Dnit começou a construção de um desvio, que deve ficar pronto no início de agosto. Por enquanto, a alternativa é usar a BR-470, entre Lagoa Vermelha e Campos Novos. Também é possível desviar por dentro do município de Marcelino Ramos e utilizar a travessia de balsa até Santa Catarina.

• RSC 153: km 300 ao km 311, entre o Vale do Sol e Herveiras, devido à queda de barreiras. O Daer desenvolve um estudo geológico para construir um desvio.

RSC 480: no km 2, junto à ponte do Rio Passo Fundo, e no km 5, em Erval Grande, na localidade de Goio En. Rachaduras na pista mantêm interdição nos dois sentidos da pista, entre Erechim e Chapecó (SC). O Daer prepara um projeto de drenagem para limpar a rodovia e iniciar a construção de um desvio. A opção, no momento, é acessar Benjamin Constant, Faxinalzinho e Nonoai, ou usar a ERS 420, de Erechim a Aratiba. Nos desvios, porém, há restrições para veículos pesados.

RSC 481: entre os kms 141 e 152, entre Cerro Branco e Lagoa Bonita do Sul, em razão da queda de barreiras. Não há previsão para o início das obras. Desvio pela localidade de Rodeio do Herval.

Trânsito em meia pista:

• BR 386: km 158, ponte entre Iraí e Santa Catarina. Apenas veículos de até 12 toneladas podem utilizar a travessia e o trânsito é alternado com sinalização. Liberado apenas um veículo por vez.
BR 158: km 317, em Santa Maria. Trânsito liberado em meia pista, com semáforo.
VRS 806: ponte sobre o rio Caverá, em Alegrete, está interditada. Há um desvio pela lateral da ponte para veículos leves. Previsão de liberação total na próxima quarta-feira.
RSC 472: km 102, entre Boa Vista do Buricá e Humaitá.
VRS 804: km 10, em Silveira Martins.
• ERS 491: km 4, entre Marcelino Ramos e o entroncamento com a BR-153.