Porto Alegre, sexta-feira, 19 de Dezembro de 2014

  • 19/07/2014
  • 08:31
  • Atualização: 10:02

Dilma deixa Porto Alegre e segue para Uruguaiana

Presidente irá sobrevoar cidade afetada pelas enchentes na Fronteira do Estado

  • Comentários
  • Correio do Povo

Após participar da posse do presidente reeleito da Fiergs, Heitor José Muller, a presidente Dilma Rousseff participa de sobrevoo nas áreas alagadas do município de Uruguaiana. A chefe de Estado, acompanhada do governador Tarso Genro, já deixou Porto Alegre e seguiu em direção à cidade da Fronteira Oeste.

Uruguaiana foi afetada pela cheia do rio Uruguai e é um dos 168 municípios atingidos pelas fortes chuvas registradas no Estado. Depois, a presidente se reunirá com o prefeito Luiz Augusto Schneider e autoridades da Defesa Civil estadual.

Discurso na Fiergs

Durante discurso na Fiergs, Dilma tranquilizou os empresários presentes sobre os rumos da economia brasileira nos próximos anos. Ela revelou que o banco criado em parceria com os países ligados aos Brics terá 100 bilhões de dólares de capital para investimentos na infraestrutura dos quatro países. A instituição terá ainda, segundo a presidente, mais 100 bilhões de dólares como mecanismo de reserva, uma rede de proteção à volatividade dos mercados econômicos.

Apesar disso, Dilma salientou que a superação da crise será mais difícil e lenta do que qualquer economista poderia prever. A candidata do PT à reeleição fez comparações entre o período anterior ao do ex-presidente Lula com a realidade do país agora e disse que a indústria brasileira, em 2013, teve a quinta maior expansão entre as economias mundiais. “Todos os indicadores hoje são muito melhores do que há 12 anos”, afirmou, citando que no G-20 o Brasil é um dos seis países que possui superávit primário. “A pior opção para enfrentar a crise é o pessimismo”, disparou.

Bookmark and Share