Correio do Povo

Porto Alegre, 16 de Setembro de 2014


Porto Alegre
Agora
15ºC
Amanhã
11º 22º


Faça sua Busca


Notícias > Internacional

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

20/07/2014 13:59 - Atualizado em 20/07/2014 14:33

Especialistas acreditam em isolamento internacional de Putin após queda de avião

Washington acusa diretamente os rebelde pró-russos de serem responsáveis pela tragédia

Especialistas acreditam em isolamento internacional de Putin após queda de avião<br /><b>Crédito: </b> Saeed Khan / AFP / CP
Especialistas acreditam em isolamento internacional de Putin após queda de avião
Crédito: Saeed Khan / AFP / CP
Especialistas acreditam em isolamento internacional de Putin após queda de avião
Crédito: Saeed Khan / AFP / CP

A Rússia corre o risco de enfrentar um crescente isolamento após o desastre do Boeing da Malaysia Airlines, enquanto a opinião pública ocidental se volta contra o presidente russo Vladimir Putin, que também poderia enfrentar críticas em casa, acreditam os especialistas.

A queda do avião civil malaio, provavelmente atingido por um míssil, e a morte de seus 298 passageiros no leste da Ucrânia, em uma zona de combates entre rebeldes pró-russos e as forças de Kiev, é um marco nesta crise que já dura oito meses, e que poderia ter consequências políticas e econômicas imprevisíveis para a Rússia.

"Vemos um grande choque entre a Rússia e o Ocidente. O isolamento da Rússia irá se agravar de forma consistente", declarou Yuli Nisnevitch, da Escola de Estudos Avançados em Economia de Moscou. A queda do avião da Malásia causou indignação em todo o mundo, com Washington acusando diretamente os rebelde pró-russos de serem responsáveis pela tragédia.

A Rússia rejeita as acusações americanas, ressaltando que Washington tirou conclusões antes mesmo de uma investigação. O vice-ministro russo da Defesa, Anatoly Antonov, afirmou no sábado que a Rússia era vítima de uma guerra de desinformação. "Eu acredito que se a investigação incriminar Moscou, mesmo que indiretamente, a Rússia negará a sua responsabilidade", assegura o economista russo, residente em Paris, Sergei Gouriyev. "Se a investigação acusar a Rússia, isso seria um desastre para o país", acredita por sua vez o analista político independente Yevgeny Gontmakher.

Bookmark and Share



Fonte: AFP






O que você deseja fazer?

Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.