Porto Alegre, sábado, 20 de Dezembro de 2014

  • 20/07/2014
  • 17:36
  • Atualização: 19:12

Exército israelense revela morte de 13 soldados em Faixa de Gaza

Porta-voz não informou causa e condições das mortes dos militares

Exército israelense revela morte de 13 soldados em Faixa de Gaza | Foto: Menaheim Kahana / AFP / CP

Exército israelense revela morte de 13 soldados em Faixa de Gaza | Foto: Menaheim Kahana / AFP / CP

  • Comentários
  • AFP

Pelo menos 13 soldados israelenses da Brigada Golani foram mortos na madrugada de sábado para domingo na Faixa de Gaza, onde o exército israelense realiza uma ofensiva, elevando a 18 o número de mortos entre o Exército. A informação foi confirmada por um porta-voz do Exército, no Twitter.

O Exército já havia anunciado a morte de cinco soldados desde quinta-feira, início da ofensiva terrestre no enclave palestino. Nenhum detalhe foi dado sobre as circunstâncias da morte dos 13 soldados, e "o trabalho de identificação" das vítimas ainda estava em andamento.

Neste domingo, o exército israelense acusou nes domingo o Hamas de ter rompido o cessar-fogo acordado por razões humanitárias que estava em vigor até as 9h30min (horário de Brasília) em Shejaiya, um bairro de Gaza.

Hamas diz ter sequestrado soldado

O braço armado do movimento palestino Hamas reivindicou neste domingo o sequestro de um soldado israelense, desatando uma onda de comemorações nas ruas da Cidade de Gaza. "O soldado israelense Shaul Aaron está nas mãos das Brigadas Ezzedine al-Qassam", o braço armado do movimento islamita, declarou o porta-voz Abu Obeida em anúncio feito pela televisão.

Bookmark and Share