Porto Alegre, sexta-feira, 21 de Novembro de 2014

  • 23/07/2014
  • 15:53
  • Atualização: 16:01

Após vazamento de dados, EPTC muda planejamento do radar móvel noturno

Empresa abrirá sindicância para apurar o caso

  • Comentários
  • Samantha Klein / Rádio Guaíba

O planejamento do radar móvel durante as madrugadas vazou no aplicativo WhatsApp para smartphones. Em função disso, a Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) modificou o esquema de avenidas a serem monitoradas até o próximo sábado. A EPTC informou ter descoberto, na última segunda, uma foto com a lista da programação do radar. Depois do episódio, a empresa definiu que as equipes de agentes só terão conhecimento das avenidas monitoradas 30 minutos antes do início do monitoramento.

Conforme o diretor-presidente da EPTC, Vanderlei Cappellari, uma sindicância administrativa já foi instaurada. Se descoberto, o autor do vazamento pode ser demitido. “Estamos averiguando todas as possibilidades. Em um caso como esse, cabe demissão”, ressaltou.

Na primeira semana de atuação dos radares móveis noturnos, a EPTC flagrou mais de 800 condutores dirigindo acima da velocidade permitida. O trabalho ocorreu durante seis das sete noites em vias não divulgadas da Capital e só parou em uma delas em função da chuva. Os motoristas foram multados por trafegar acima de 60 km/h. Em um dos casos, o condutor atingiu 132 km/h.

Bookmark and Share


TAGS » Trânsito, Geral, EPTC