Porto Alegre, domingo, 23 de Novembro de 2014

  • 24/07/2014
  • 01:46
  • Atualização: 08:43

Brasil convoca embaixador em Tel Aviv para consultas

Itamaraty classificou ofensiva de Israel em Gaza como desproporcional

Itamaraty classificou ofensiva de Israel em Gaza como desproporcional | Foto: Mohammed Abed / AFP / CP

Itamaraty classificou ofensiva de Israel em Gaza como desproporcional | Foto: Mohammed Abed / AFP / CP

  • Comentários
  • Correio do Povo

O governo brasileiro convocou o embaixador do país em Tel Aviv, Henrique Sardinha Pinto, para consultas a respeito da ofensiva de Israel na Faixa de Gaza. Em nota publicada na noite desta quarta-feira, o Ministério das Relações Exteriores considerou “inaceitável” a violência na Faixa de Gaza – onde mais de 600 pessoas morreram em duas semanas de confronto.

Com tom mais forte em relação à primeira manifestação sobre o assunto, ocorrida há uma semana, o Itamaraty reiterou que o governo brasileiro faz um chamado ao cessar-fogo na região e citou que considerável parte das vítimas fatais é composta por civis, incluindo mulheres e crianças.

Em ataque na manhã desta quinta-feira (pelo horário local), seis palestinos da mesma família, incluindo duas crianças, morreram. Outros 12 palestinos haviam perdido a vida desde a madrugada de quinta devido a bombardeios de Israel.

Nota 168 - Conflito entre Israel e Palestina

O Governo brasileiro considera inaceitável a escalada da violência entre Israel e Palestina. Condenamos energicamente o uso desproporcional da força por Israel na Faixa de Gaza, do qual resultou elevado número de vítimas civis, incluindo mulheres e crianças.

O Governo brasileiro reitera seu chamado a um imediato cessar-fogo entre as partes.

Diante da gravidade da situação, o Governo brasileiro votou favoravelmente a resolução do Conselho de Direitos Humanos das Nações Unidas sobre o tema, adotada no dia de hoje.

Além disso, o Embaixador do Brasil em Tel Aviv foi chamado a Brasília para consultas.







Bookmark and Share