Correio do Povo

Porto Alegre, 23 de Setembro de 2014


Porto Alegre
Agora
28ºC
Amanhã
15º 21º


Faça sua Busca


Notícias > Internacional

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

24/07/2014 11:53 - Atualizado em 24/07/2014 12:26

Familiares de vítimas de avião que caiu em Taiwan culpam autoridades

Das 58 pessoas a bordo do voo GE222, 47 morreram

Familiares das vítimas de avião que caiu em Taiwan culpam autoridades<br /><b>Crédito: </b> Sam Yeh / AFP / CP
Familiares das vítimas de avião que caiu em Taiwan culpam autoridades
Crédito: Sam Yeh / AFP / CP
Familiares das vítimas de avião que caiu em Taiwan culpam autoridades
Crédito: Sam Yeh / AFP / CP

Parentes das vítimas do avião que caiu nessa quarta-feira em Taiwan, matando 48 pessoas, criticaram nesta quinta-feira as autoridades por autorizar o voo, apesar do mau tempo.

 Ministro de Taiwan corrige para 47 número de mortos

O voo doméstico da companhia aérea TransAsia com 54 passageiros e quatro tripulantes a bordo caiu em Mangong, em uma ilha do arquipélago de Penghu. Dez pessoas sobreviveram ao acidente, o pior desastre aéreo em uma década no país. Entre as vítimas estavam dois estudantes de medicina franceses, de acordo com o ministério das Relações Exteriores francês.

O ATR 72-500 voava entre Kaohsiung, no sudoeste de Taiwan, e as ilhas da costa oeste, onde se chocou contra duas casas perto do aeroporto de Magong, deixando cinco feridos em terra, segundo as autoridades. O voo GE222 tentava aterrissar pela segunda vez, depois de abortar uma primeira tentativa devido ao mau tempo.

O tufão Matmo atingiu Taiwan nessa quarta-feira, fazendo ao menos nove feridos. "A companhia aérea não deveria permitir que o avião decolasse com este mau tempo", declarou um homem de sobrenome Hsu, em frente ao necrotério de Penghu, com olhos e nariz vermelhos de tanto chorar. Seu filho de 28 anos morreu no acidente. "O tempo estava tão ruim e Taiwan ainda estava sob os efeitos do tufão, a aeronave não deveria ter decolado", assegurou por sua vez a filha do piloto, Lee Yi-liang, que também morreu.

As autoridades de Taiwan defenderam a decisão de permitir o voo. "Muitos se perguntam por que o avião decolou durante um tufão. Mas de acordo com as informações que disponho, os dados meteorológicos correspondiam às exigências de segurança da aeronave", declarou à imprensa o ministro dos Transportes, Yeh Kuang-shih.

Dois aviões aterrissaram sem incidentes no aeroporto logo após o desastre, disseram as autoridades. O capitão tinha 60 anos, 22 anos de experiência e 23 mil horas de voo.

Recuperação dos corpos nesta quinta-feira, mais de 100 agentes, incluindo bombeiros e soldados, trabalhavam na recuperação dos corpos e restos do avião espalhados.

Um homem de sobrenome Chen, que perdeu seis membros de sua família, incluindo seu irmão mais velho, no acidente, gritava com os funcionários da companhia aérea em Penghu. "O que aconteceu com o avião e quais foram as causas? No mínimo, a companhia aérea deveria ter alguém no local para confortar a família", disse.

Próximo ao aeroporto, dezenas de parentes chegavam ao local de identificação das vítimas. Adultos, idosos e crianças choravam no salão funerário reservado. Alguns voluntários tentavam confortá-los. Fotografias com os rostos das vítimas foram colocadas nas paredes para serem identificados.

A mãe de uma sobrevivente disse que recebeu um telefonema de sua filha. "Ela me disse: 'Mãe, meu avião caiu'. Ela contou que conseguiu sair da aeronave e encontrou um celular".

A TransAsia, maior companhia aérea privada de Taiwan, cobre rotas para a China, Japão, Cingapura, Coreia do Sul e Vietnã. O último grande acidente envolvendo um avião civil em Taiwan remonta a maio de 2002. Um Boeing 747 da China Airlines com 225 pessoas a bordo caiu perto das ilhas Penghu. Não houve sobreviventes.

Bookmark and Share


Fonte: AFP






O que você deseja fazer?

Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.