Porto Alegre, sábado, 25 de Outubro de 2014

  • 25/07/2014
  • 22:32
  • Atualização: 22:42

Avião canadense dá meia-volta devido a ameaça de passageiro

Dois aviões de caça americanos acompanharam o avião até sua aterrissagem em Toronto

  • Comentários
  • AFP

Um Boeing 737, que levava turistas canadenses ao Panamá, foi obrigado a dar meia-volta nesta sexta-feira, escoltado por dois aviões americanos, depois das ameaças de um passageiro. 

O avião, com 187 pessoas a bordo, incluindo seis membros da tripulação, "deu meia-volta aproximadamente 45 minutos depois de decolar, na altura da Virgínia Ocidental (leste dos Estados Unidos), devido a um passageiro agitado", que representava uma ameaça direta ao voo, explicou  um porta-voz da companhia Sunwing.

Dois aviões de caça americanos F-16 acompanharam o avião até sua aterrissagem em Toronto, de acordo com a capitã Jennifer Stadnyk, do Comando de Defesa Aerospacial da América da Norte (NORAD, na sigla em inglês). O homem, um canadense de 25 anos, foi detido e será interrogado, informou a porta-voz da polícia local.

Bookmark and Share