Porto Alegre, quinta-feira, 23 de Outubro de 2014

  • 27/07/2014
  • 13:51
  • Atualização: 14:00

Costa Concordia chega ao porto de Gênova

Navio naufragou em 2012, matando 32 pessoas

Costa Concordia chega ao porto de Gênova | Foto: Giuseppe Cacace / AFP / CP

Costa Concordia chega ao porto de Gênova | Foto: Giuseppe Cacace / AFP / CP

  • Comentários
  • Agência Brasil

O navio Costa Concordia, que naufragou em janeiro de 2012, deixando 32 mortos e dezenas de feridos na costa da Itália, chegou ao porto de Gênova na manhã deste domingo, onde será desmantelado. O navio deixou a Ilha de Giglio, local do naufrágio, na última quarta-feira em direção ao porto italiano.

Os técnicos responsáveis pelas operações do Costa Concordia seguem com as manobras necessárias para atracar o navio, num processo que deve durar cerca de seis horas. A desmontagem total do navio será realizada em duas áreas dentro do porto e deve levar 22 meses.

A primeira fase do processo de recuperação do Concordia foi executada no último dia 14, depois que o navio foi trazido à superfície. A reflutuação foi conseguida depois que as equipes de resgate injetaram ar em 30 flutuadores fixados ao navio, que tem 300 metros de comprimento e 115 mil toneladas de peso.

O naufrágio ocorreu a 13 de janeiro de 2012, na ilha de Giglio, após o navio se chocar com um rochedo, provocando a morte de 32 pessoas e deixando dezenas de feridos entre os 4.229 passageiros. O capitão do navio, Francesco Schettino, foi o único membro da tripulação julgado por homicídio por imprudência, naufrágio e abandono da embarcação. O julgamento ainda está na fase de depoimentos. Os outros membros receberam penas menos duras após firmarem um acordo com o Ministério Público italiano e admitirem parte da culpa.

Bookmark and Share