Porto Alegre, terça-feira, 21 de Outubro de 2014

  • 28/07/2014
  • 19:58
  • Atualização: 20:00

TRE nega primeiro registro de candidatura das eleições deste ano

Corte já julgou 77% dos pedidos em cinco sessões

  • Comentários
  • Rádio Guaíba

O TRE gaúcho negou nesta segunda-feira o primeiro registro de registro de candidatura desde que começou a analisar os pedidos, há uma semana. O caso envolveu Amanda Silveira Borges Dutra, do PC do B, cujo pedido compunha a nominata da Coligação Mais Desenvolvimento, Mais Conquistas (PTB/PCdoB/PR/PPL/PROS/PTC). De acordo com a Corte, ela ainda não atingiu a idade mínima necessária para concorrer ao cargo de deputada, que é de 21 anos.

O TRE julgou nesta segunda-feira 148 pedidos, 145 nominais e três Demonstrativos de Regularidade de Atos Partidários (DRAPs), referentes a partidos e coligações. Em cinco sessões, foram examinados 825 pedidos de candidatura (77%), para um total de 1.071, com apenas um indeferimento. Nenhuma das dez candidaturas questionadas foi, até agora, julgada.

Em relação às disputas majoritárias, o TRE aprovou hoje o registro da chapa do Partido Comunista Brasileiro ao governo gaúcho, composta por Humberto Setembrino Correa Carvalho (governador) e Nubem Airton Cabral Medeiros (vice). Também foi deferido o registro de Ciro Castilho Machado, candidato ao Senado pelo Partido da Mobilização Nacional (PMN), e os dois suplentes, Valdemar Riva e Bruno José do Nascimento.

Bookmark and Share