Porto Alegre, sábado, 25 de Outubro de 2014

  • 01/08/2014
  • 21:31
  • Atualização: 21:32

Explosão na Tijuca deixa um morto e três feridos

Funcionários utilizavam uma solda para cortar ferro e o tanque de gás do equipamento explodiu

  • Comentários
  • Agência Brasil

Uma explosão na obra do edifício comercial Corporate Tijuca, próximo ao Shopping Tijuca, na zona norte do Rio, deixou um morto e três operários feridos em estado grave, na tarde de sexta-feira. O incidente ocorreu quando os funcionários da construtora João Fortes, responsável pela obra, utilizaram uma solda para cortar ferro e o tanque de gás do equipamento explodiu.

O operário Émerson Carneiro, 38 anos, não resistiu aos ferimentos e morreu no local. A 19ª Delegacia de Polícia, da Tijuca, está investigando o caso.

Moradora do edifício ao lado da construção, a aposentada Marisa Bianchi viu quando dois funcionários da construtora correram para a rua com as roupas em chamas. “Eu o vi aqui, sentado, totalmente queimado, coitado. Inclusive ele perdeu um dedo. O dedo dele ficou aqui, na calçada. Depois apareceu outro rapaz que estava queimado da cintura para baixo. Também estava nu, da cintura para baixo queimado”, relatou.

A aposentada contou ainda que não havia uma equipe de segurança de trabalho na obra, e que quem apagou o fogo da roupa dos operários foi um motorista, que usou o extintor do próprio carro para acabar com as chamas. De acordo com a moradora, os bombeiros demoraram cerca de meia hora para chegar ao local.

Dos três trabalhadores da construtora que ficaram feridos, Fernando Alexandre, 43 anos, e Fabiano Lima, 35, foram levados ao Hospital Municipal Souza Aguiar. Ailton da Costa, 55 anos, foi levado ao Hospital do Andaraí, especializado em queimaduras.

Em nota, a João Fortes Engenharia informa que prestará toda a assistência às vítimas e seus parentes. As causas do acidente ainda estão sendo apuradas.

Bookmark and Share