Porto Alegre, segunda-feira, 24 de Novembro de 2014

  • 03/08/2014
  • 20:55
  • Atualização: 21:00

Cerca de 1,5 mil gaúchos afetados pelas chuvas ainda estão fora de casa

Maior parte dos desalojados e desabrigados estão na Fronteira Oeste

  • Comentários
  • Radio Guaíba

Um mês após o registro das fortes chuvas que deixaram pelo menos 141 cidades gaúchas em situação de emergência e duas em situação de calamidade pública, cerca de 1,5 mil pessoas ainda não puderam voltar para casa. A maior parte desse total está concentrado na Fronteira Oeste, onde a cheia do Rio Uruguai chegou a elevar em mais de 11 metros o nível normal das águas.

A Defesa Civil já disponibilizou R$ 11 milhões em verbas federais para auxílio imediato às cidades afetadas, mas muitos pontos ainda não apresentam condições para o retorno às residências. Outros R$ 3 milhões foram liberados para que os municípios realizem o repasse de verbas para custeio do benefício do aluguel social para 690 famílias afetadas pelo mau tempo.

Neste domingo, são 1.480 gaúchos fora de casa, 301 desabrigados e 1.179 desalojados. Destes, 1.376 estão nas cidades de Uruguaiana, São Borja e Itaqui. Cada uma das 11 unidades regionais da Defesa Civil fará o pagamento das obras emergenciais elencadas pelos municípios junto ao plano de resposta do Estado, encaminhado à Brasília e crucial para a liberação das verbas federais.

Bookmark and Share