Porto Alegre, terça-feira, 21 de Outubro de 2014

  • 04/08/2014
  • 07:37
  • Atualização: 08:46

Criança palestina morre em ataque após anúncio de trégua

Além da menina de oito anos, 30 ficaram feridos na Faixa de Gaza

Além da menina de oito anos, 30 ficaram feridos na Faixa de Gaza | Foto: Jack Guez / AFP / CP

Além da menina de oito anos, 30 ficaram feridos na Faixa de Gaza | Foto: Jack Guez / AFP / CP

  • Comentários
  • AFP

Uma menina palestina de oito anos morreu e 30 pessoas ficaram feridas nesta segunda-feira em um ataque ao oeste da cidade de Gaza, pouco depois da entrada em vigor de uma trégua humanitária declarada unilateralmente por Israel, anunciaram os serviços de emergência.

O ataque atingiu uma casa do campo de refugiados de Chati, segundo o porta-voz dos serviços de emergência, Ashraf al-Qudra. Testemunhas afirmaram que a ação foi um bombardeio israelense, mas o exército de Israel não comentou a informação e anunciou que analisa o ocorrido.

O exército anunciou uma trégua humanitária unilateral de sete horas, que entrou em vigor às 10h locais (4h de Brasília). O cessar-fogo vai vigorar até as 14h (11h de Brasília) em todo o enclave palestino, à exceção da parte situada a leste da cidade de Rafah, no sul do território, "onde confrontos ainda estão sendo travados e onde uma presença militar israelense é mantida", indica comunicado do exército.

Nesse domingo,  um ataque israelense atingiu uma escola da ONU em Rafah, no sul da Faixa de Gaza.  A escola abrigava quase 3 mil refugiados palestinos, segundo os serviços de emergência. Este foi o terceiro ataque contra uma escola da ONU na Faixa de Gaza nos últimos 10 dias. O novo bombardeio foi condenado pelo secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, que o chamou de ato "criminoso".


Bookmark and Share