Porto Alegre, segunda-feira, 20 de Outubro de 2014

  • 04/08/2014
  • 08:27
  • Atualização: 08:41

Pai teria abandonado filho após colisão na região central do RS

Homem de 39 anos e menino de 12 anos se envolveram em dois acidentes na ERS 149

  • Comentários
  • Luiz Felipe Mello / Correio do Povo

Pai e filho se envolveram em dois acidentes na tarde desse domingo na região central do Estado. Segundo informações do Comando Rodoviário da Brigada Militar (CRBM), os dois estavam em uma Parati, que no primeiro momento saiu da pista na ERS 149 e mais tarde colidiu contra um Gol no km 149 da rodovia. O que chamou a atenção dos policiais rodoviários e da Brigada Militar (BM) de Nova Palma é que após bater contra o segundo veículo, o pai teria abandonado o próprio filho, que ficou preso às ferragens. 

Conforme o relato do sargento do Grupo de Polícia Militar de Nova Palma Juarez Maia, o primeiro acidente ocorreu às 16h30min, no trajeto para Faxinal do Soturno. "O menino era quem estava dirigindo no primeiro momento e se perdeu em uma curva. Eles caíram em um barranco e, logo após o acidente, um grupo de populares, incluindo o motorista do Gol, ajudou no resgate de pai e filho e colocou a Parati novamente na pista", relatou em entrevista ao site do Correio do Povo.

Segundo Maia, a partir daí, quem assumiu a direção foi o pai, que resolveu seguir no sentido oposto, saindo de Faxinal do Soturno e seguindo para Nova Palma. Pouco tempo depois, o motorista decidiu voltar para o caminho anterior e sofreu o segundo acidente. Desta vez, colidiu contra o condutor do Gol que tinha ajudado no resgate.

De acordo com os policiais rodoviários, a Parati teria cortado a frente do Gol e caído no mesmo barranco do primeiro acidente. Neste momento, segundo os policiais militares, o pai abandonou o filho, que ficou preso às ferragens em estado grave. O homem de 39 anos, já identificado, não tinha Carteira Nacional de Habilitação (CNH), e o veículo não estava licenciado. A criança, de 12 anos, foi encaminhada ao Hospital São Roque, e depois para o Universitário de Santa Maria.

O sargento Juarez Maia contou que o motorista do Gol, identificado como Luis Fernando Lima de Oliveira, de 25 anos, estava na companhia da tia, de 34. O condutor saiu ileso do acidente, mas a mulher sofreu ferimentos e foi encaminhada para o Hospital de São Roque.

Pai deve se apresentar à polícia


Maia relatou ainda que este não é o primeiro caso em que crianças são vistas na direção de um carro. "Nós já cansamos de falar para as pessoas evitarem este tipo de coisa, mas não adianta. Já fizemos mais 100 notificações em três meses", explicou.

O sargento afirmou que o homem que teria abandonado o filho na estrada deve se apresentar hoje à Polícia Civil. "Nós temos a identificação dele e sabemos onde ele mora. Conversamos com a esposa dele, mãe do garoto, e ela disse que ele está apavorado", acrescentou.

* Com informações da repórter Cintia Marchi

Bookmark and Share