Porto Alegre, sexta-feira, 31 de Outubro de 2014

  • 09/08/2014
  • 08:58
  • Atualização: 09:14

Dia dos Pais incrementa comércio em Porto Alegre

Procura pelo presente terá dia mais movimentado hoje

  • Comentários
  • Correio do Povo

Os lojistas de Porto Alegre estão animados com o movimento das vendas para este Dia dos Pais. Na manhã dessa sexta-feira, os estabelecimentos localizados no Centro Histórico receberam centenas de clientes em busca de presentes. Em uma loja de roupas da Rua dos Andradas, o gerente José Luís destacou que os filhos e as esposas pretendem presentear os pais com cuecas, meias e cintos. Em uma loja de sapatos, os vendedores destacaram a procura por tênis, meias e camisas do Grêmio e do Internacional. Procura pelo presente terá seu dia mais movimentado neste sábado.

O setor supermercadista gaúcho também está voltado às oportunidades trazidas pela passagem do Dia dos Pais. As lojas do setor farão promoções especiais em itens como vinhos, kits de higiene pessoal e bombons. Segundo o presidente da Associação Gaúcha de Supermercados (Agas), Antônio Cesa Longo, a principal aposta do setor é nas vendas de última hora. “Serão cerca de 200 mil vasos de flores comercializados pelo setor, mais de 70% deles adquiridos para homenagear os pais já falecidos”, destacou.

A Federação do Comércio de Bens e de Serviços do Rio Grande do Sul (Fecomércio/RS) estima que o comércio varejista gaúcho deve apresentar um aumento de 2% a 3% nas vendas de artigos para o Dia dos Pais. A entidade calcula que o maior impacto deve ser constatado nos segmentos de equipamentos e materiais para escritório, informática e comunicação, vestuário e calçados, e ainda artigos de uso pessoal.

Segundo a Fecomércio/RS, a data comemorativa, embora ocorra em época que registra temperaturas mais baixas, não tem o mesmo impacto nas vendas de artigos de vestuário, como costuma acontecer no Dia das Mães, no mês de maio. O Sindilojas Porto Alegre e a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) da Capital projetam um aumento de 8% nas vendas em relação ao ano passado.

Os lojistas apostam no incremento de R$ 52 milhões no varejo em função da data. “O Dia dos Pais será a oportunidade para o lojista recuperar as vendas perdidas com o fechamento das lojas na Copa do Mundo”, afirmou Paulo Kruse, presidente do Sindilojas. Já Gustavo Schifino, presidente da CDL Porto Alegre, explicou que itens como vestuário, perfumaria e calçados são os preferidos de quem vai presentear os pais neste domingo.

Bookmark and Share