Correio do Povo

Porto Alegre, 18 de Setembro de 2014


Porto Alegre
Agora
15ºC
Amanhã
17º 26º


Faça sua Busca


Notícias > Polícia

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

09/08/2014 17:39 - Atualizado em 09/08/2014 17:47

Sobrevoo em Esteio pode ajudar a elucidar causa de explosões

Estrondos foram relatados por moradores da região Metropolitana

A Polícia Civil e a Defesa Civil do Estado ainda tratam como um mistério as explosões ocorridas em Esteio, na região Metropoltna, na madrugada de quinta-feira. Para tentar desvendar a causa dos estrondos relatados por moradores, o titular da Delegacia de Polícia do município, delegado Leonel Baldasso, deve sobrevoar a cidade, a vizinha Sapucaia do Sul e as adjacências da BR 448. O delegado trabalha com a possibilidade de que os estrondos teriam sido causados pela detonação de explosivos em terreno descampado, já que a região é de mata e banhado. 

Baldasso informou ainda que ocorrência semelhante foi registrada há duas semanas em Esteio. Naquele momento a polícia não foi comunicada, mas moradores do bairro Novo Esteio disseram que houve tremor nas casas. “Pretendo verificar se existem vestígios de fogo ou detonação de artefatos explosivos nos descampados. Ainda não há suspeita sobre quadrilhas de criminosos responsáveis pelas explosões. Por enquanto é um verdadeiro mistério, mas que realmente precisa ser investigado”, avaliou Baldasso.

Na Refinaria Alberto Pasqualini (Refap) não houve qualquer explosão, segundo a assessoria de imprensa da empresa. O barulho ainda poderia ter sido causado por um avião, mas nenhuma aeronave estava em voo no momento do estrondo, conforme o 5º Comando Aéreo Regional.

Bookmark and Share


Fonte: Samantha Klein / Rádio Guaíba





» Tags:Polícia Esteio

O que você deseja fazer?

Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.