Porto Alegre, terça-feira, 21 de Outubro de 2014

  • 10/08/2014
  • 23:52
  • Atualização: 23:53

Final de semana do Dia dos Pais registra sete mortes nas estradas gaúchas

Número de vítimas fatais foi o mesmo do ano passado no período

  • Comentários
  • Hygino Vasconcellos / Correio do Povo

O final de semana do Dia dos Pais deste ano registrou o mesmo número de mortes em relação a 2013. Levantamento realizado pelo Correio do Povo aponta que da meia-noite de quinta- eira até o começo a noite deste domingo foram registrados sete mortes em acidentes de trânsito nas estradas gaúchas. Em 2013 foram sete óbitos no local do acidente e 18 se considerados os 30 dias pós-acidente. Nas estradas federais mais de 3 mil motoristas foram multados pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) no período neste ano.

Do total de mortes neste ano no Dia dos Pais, dois foram na sexta-feira, outros dois no sábado e três no domingo. Nesta tarde, na RSC 481, em Arroio do Tigre, morreram duas pessoas que viajavam em um Voyage, com placas de Sobradinho. O veículo se envolveu num acidente com um Fiat Uno, de Ibirubá. Outras duas pessoas ficaram feridas. Em Caçapava do Sul, na BR 153, a capotagem de Hyundai, com placa de Santa Maria, resultou na morte do motorista José Antônio Goi.

No final da madrugada de sábado, Andrew Freira Caetano, de 19 anos, morreu ao capotar um Corsa. O acidente ocorreu no quilômetro 2 da ERS 734, em Rio Grande, no Sul do Estado. Conforme o Comando Rodoviário da Brigada Militar (CRBM), o jovem só tinha habilitação para dirigir moto. O passageiro do automóvel, de 28 anos, sofreu fraturas e recebeu atendimento na Santa Casa de Rio Grande.

Sete horas depois, uma colisão traseira entre um carro e uma motocicleta deixou uma pessoa morta no km 148, da BR 471, município de Rio Pardo. A vítima foi identificada como Pedro aulo Stanke Garcia, 42, e conduzia a motocicleta. Ele chegou a ser socorrido pelo Samu, sendo encaminhado ao Hospital dos Passos, de Rio Pardo, mas não resistiu aos ferimentos. O condutor do automóvel, de 31 anos, não se feriu.

O primeiro registro do feriado de Dia dos Pais ocorreu por volta das 3h de sexta-feira quando um jovem de 22 anos morreu após acidente em Camaquã, no sul do Estado. Alex Wiatroski conduzia uma motocicleta que colidiu de frente com um caminhão, no quilômetro 395 da BR 16. Na mesma noite, uma colisão entre dois veículos matou um homem em Passo Fundo, no Norte gaúcho. A colisão ocorreu no km 8 da ERS 153 por volta das 20h. Conforme o Comando Rodoviário da Brigada Militar, a vítima foi identificada como Antônio Nott Fernandes, 54 anos. Ele dirigia um Chevrolet Marajó, de Passo Fundo, que bateu contra um Gol do município de Gentil.

De acordo com dados do Departamento Estadual de Trânsito (Detran), de 2007 a 2013, o final de semana do Dia dos Pais registrou média de 7,8 mortes por dia (sexta a domingo). A data é a segunda mais violenta entre os feriados e datas comemorativas, ficando atrás somente do final e semana do Dia das Mães, que registrou 9,2 mortes por dia no período.

Bookmark and Share