Correio do Povo

Porto Alegre, 15 de Setembro de 2014


Porto Alegre
Agora
16ºC
Amanhã
11º 22º


Faça sua Busca


Notícias > Geral

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

11/08/2014 17:43 - Atualizado em 11/08/2014 17:55

Obra em terreno vizinho pode ter causado desabamento em Santa Rosa

Perícia no prédio deve ser finalizada até a próxima quarta-feira

Obra em tereno vizinho pode ter causado desabamento de parte de prédio em Santa Rosa<br /><b>Crédito: </b> Pável Bauken / Especial CP
Obra em tereno vizinho pode ter causado desabamento de parte de prédio em Santa Rosa
Crédito: Pável Bauken / Especial CP
Obra em tereno vizinho pode ter causado desabamento de parte de prédio em Santa Rosa
Crédito: Pável Bauken / Especial CP

A Defesa Civil de Santa Rosa cogita a hipótese de abalo estrutural provocado por uma obra vizinha ao prédio que desabou parcialmente na cidade, na manhã desta segunda-feira. De acordo com a Polícia Civil, o Instituto Geral de Perícias (IGP) deve concluir até esta quarta os trabalhos de análise da estrutura e as possíveis causas da queda de duas sacadas, no segundo e no terceiro andares do prédio. As famílias que viviam nos quatro apartamentos do edifício foram retiradas com o apoio do Corpo de Bombeiros e realocadas pelas imobiliárias em outras residências. Os moradores não devem retornar antes que um laudo pericial garanta a segurança estrutural do prédio.

A Defesa Civil estima que dois fatores aliados possam ter causado o desabamento: o tempo de vida útil do prédio e uma obra em andamento no terreno ao lado dos apartamentos danificados. De acordo com a Defesa, os trabalhos com maquinário pesado podem ter interferido na estabilidade do prédio. O órgão também supõe que o imóvel tenha mais de 60 anos e não possua elementos como vigas de sustentação nas sacadas.

O trabalho no canteiro de obras também foi interrompido, até que a segurança total da área seja garantida. Os estabelecimentos comerciais que atendem no andar térreo do prédio não foram afetados e seguem abertos. Ninguém se feriu no desabamento das sacadas, mas um cachorro de estimação acabou morrendo após ser atingido pelos escombros de uma das varandas.

Bookmark and Share

Fonte: Ananda Müller/Rádio Guaíba






O que você deseja fazer?

Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.