Porto Alegre, sábado, 25 de Outubro de 2014

  • 11/08/2014
  • 21:38
  • Atualização: 22:20

Fabricante do Toddynho admite que lote maior que o previsto pode causar desconforto estomacal

Clientes do RS devem entrar em contato com o SAC para pedir a substituição do produto

  • Comentários
  • Lucas Rivas/Rádio Guaíba

Em função do problema, a empresa comunicou o recolhimento do lote do produto, comercializado no Rio Grande do Sul, em maioria na região da Grande Porto Alegre. A PepsiCo tomou a decisão ao identificar uma alteração no padrão de qualidade do produto.

Vigilância Sanitária do RS recolhe lote de Toddynho
Agas garante que Toddynho suspeito foi recolhido nas principais redes do RS

A PepsiCo ressaltou, ainda, que a principal preocupação é a saúde e a segurança dos consumidores. Os clientes que adquiriram produtos deste lote não devem consumi-los e devem entrar em contato com o Serviço de Atendimento ao Consumidor para a substituição: 0800 703 2222 ou pelo email sactoddynho@pepsico.com. O horário de atendimento telefônico do SAC é das 8h às 20h, de segunda a sexta, e 8h às 14h, aos sábados.

Já a Associação Gaúcha de Supermercados (Agas) informou que o lote de Toddynho com suspeita de contaminação (de final 23:23) já está sendo retirado das gôndolas das principais redes de supermercados do Rio Grande do Sul. O consumidor pode trocar a mercadoria ou pedir reembolso do dinheiro mediante apresentação de nota fiscal. Até o momento, porém, não há nenhuma notificação sobre pessoas que tenham passado mal ao ingerir o Toddynho. A Secretaria Estadual da Saúde vai realizar laudos periciais e pretende divulgar o resultado ainda nos próximos dias.

Em 2011, o produto foi alvo de polêmica quando foram encontrados produtos de limpeza à base de água e detergente, em outro lote do mesmo achocolatado. Pelo menos 39 pessoas passaram mal ao ingerir o alimento na época.

Bookmark and Share