Correio do Povo

Porto Alegre, 1 de Outubro de 2014


Porto Alegre
Agora
22ºC
Amanhã
13º 20º


Faça sua Busca


Notícias > Geral

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

11/08/2014 21:52 - Atualizado em 11/08/2014 22:20

Cerca de seis mil unidades de Toddynho sofreram alteração de qualidade, diz fabricante

Clientes que adquiriram produtos do lote devem entrar em contato com o SAC

Fabricante informou que seis mil unidades de Toddynho sofreram alteração de qualidade<br /><b>Crédito: </b> Samantha Klein / Rádio Guaíba / Especial / CP
Fabricante informou que seis mil unidades de Toddynho sofreram alteração de qualidade
Crédito: Samantha Klein / Rádio Guaíba / Especial / CP
Fabricante informou que seis mil unidades de Toddynho sofreram alteração de qualidade
Crédito: Samantha Klein / Rádio Guaíba / Especial / CP

A PepsiCo, detentora da marca Toddynho, informou que cerca de 6 mil unidades do achocolado podem ter sofrido alteração de qualidade durante o processo de fabricação. Conforme a empresa, o lote GRU L15, fabricado das 23h04 até as 23h46min, e com validade de 29/11/2014, pode causar desconforto estomacal.

Fabricante do Toddynho admite que lote maior que o previsto pode causar desconforto estomacal
Vigilância Sanitária do RS recolhe lote de Toddynho
Agas garante que Toddynho suspeito foi recolhido nas principais redes do RS

De acordo com a PepsiCo, o lote, repassado principalmente para a região Metropolitana de Porto Alegre, já está sendo recolhido e representa menos de 0,5% do que é comercializado mensalmente no Rio Grande do Sul. A empresa destacou que a principal preocupação é a saúde e a segurança dos consumidores. Os clientes que adquiriram produtos deste lote não devem consumi-los e devem entrar em contato com o Serviço de Atendimento ao Consumidor para a substituição: 0800 703 2222 ou pelo email sactoddynho@pepsico.com. O horário de atendimento telefônico do SAC é das 8h às 20h, de segunda a sexta, e 8h às 14h, aos sábados.

O caso começou a ser investigado após a Vigilância Estadual receber reclamações de consumidores sobre mudanças no gosto do achocolatado. Durante a semana, análises químicas serão realizadas pela Secretaria da Saúde para averiguar possíveis problemas na fabricação do produto.

Consultada após a divulgação da nota da PepsiCo, a assessoria da SES confirmou ter orientado o recolhimento do lote inteiro – GRU L15  -, independente do horário de fabricação. Já a Associação Gaúcha de Supermercados (Agas), que à tarde informou ter orientado a retirada das gôndolas apenas do lote com final 23:23, deve acatar a decisão. Conforme a entidade, as principais redes de supermercados do Rio Grande do Sul não dispõem mais do produto à venda. O consumidor também pode trocar a mercadoria ou pedir reembolso do dinheiro mediante apresentação de nota fiscal.

Em 2011, o produto foi alvo de polêmica quando foram encontrados produtos de limpeza à base de água e detergente, em outro lote do mesmo achocolatado. Pelo menos 39 pessoas passaram mal ao ingerir o alimento na época.

Bookmark and Share

Fonte: Rádio Guaíba






O que você deseja fazer?

Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.