Porto Alegre, segunda-feira, 22 de Dezembro de 2014

  • 13/08/2014
  • 16:14
  • Atualização: 18:00

Irmão de Eduardo Campos lamenta perda e pede reflexão sobre o País

Antônio revelou que político será enterrado no mesmo jazigo do avô, Miguel Arraes

Antônio Campos pediu que o país faça uma reflexão sobre o destino do país | Foto: Divulgação PSB / CP

Antônio Campos pediu que o país faça uma reflexão sobre o destino do país | Foto: Divulgação PSB / CP

  • Comentários
  • Correio do Povo

Bastante emocionado, o irmão de Eduardo Campos, Antônio, concedeu entrevista coletiva na tarde desta quarta-feira e falou sobre a perda trágica que a família sofreu com a morte do candidato à Presidência da República pelo PSB em um acidente aéreo em Santos, no litoral paulista. Ele lembrou que o irmão morreu fazendo o que amava e pediu que os brasileiros façam uma reflexão sobre o destino do País.

“Perdi um irmão muito amado e que foi um grande amigo. Falei com ele às 6h59min. Eduardo morreu no dia que o meu avô morreu, 13 de agosto, há nove anos. Morreu lutando pelos seus ideais. Pelo que acreditava. Deixou um legado de luta para mudar o Brasil. Refletir o Brasil e mudar o país. Que o Brasil faça uma reflexão sobre o destino deste país, inspirado pelo legado de luta que Eduardo nos deixou de luta pelo Brasil”, afirmou Antônio Campos.

O candidato ao governo de Pernambuco e mais dois políticos da Frente Popular do Estado viajaram para Santos para acompanhar os detalhes para a liberação do corpo de Eduardo Campos e transportá-lo até Recife. Ainda não foram definidos os detalhes do velório, mas ele será enterrado no jazigo do avô Miguel Arraes, falecido em 2005.

“A família está sobre o violento impacto, irá esperar Eduardo em Pernambuco. Ele será enterrado junto ao nosso avô, no cemitério de Santo Amaro. Queremos levá-lo até lá nos braços do povo”, revelou o irmão.

Confira a galeria de fotos:





Bookmark and Share