Porto Alegre, sábado, 25 de Outubro de 2014

  • 13/08/2014
  • 16:40
  • Atualização: 17:46

“A morte de Campos empobrece o debate eleitoral de 2014”, diz Fortunati

Prefeito decretou luto de três dias em Porto Alegre devido à morte de Eduardo Campos

Prefeito decretou luto de três dias em Porto Alegre  | Foto: Paulo Nunes / CP Memória

Prefeito decretou luto de três dias em Porto Alegre | Foto: Paulo Nunes / CP Memória

  • Comentários
  • Correio do Povo e Rádio Guaíba

O prefeito de Porto Alegre, José Fortunati, afirmou que a morte do candidato à Presidência da República Eduardo Campos em um acidente aéreo no final da manhã desta quarta-feira em Santos, no litoral paulista, empobrece o debate eleitoral de 2014. Fortunati revelou que recentemente conversou com Eduardo Campos sobre projetos para a Capital e a campanha política.

“Ao longo do tempo, como deputado e depois como vice-prefeito e prefeito, acabei tendo uma forte relação com o Eduardo. Nós dialogamos muito como deputados. Depois fui a Pernambuco dialogar sobre vários projetos, entre eles um importante sobre educação, que estamos tentando implantar em Porto Alegre. Há pouco tempo esteve ele aqui e falou sobre como estava vendo o cenário eleitoral e recentemente sobre a situação política em Pernambuco. É dessas coisas que a gente não espera. A morte de uma pessoa como ele afeta o Brasil todo e empobrece o debate eleitoral de 2014”, declarou Fortunati em entrevista à Rádio Guaíba.

A tragédia deixou o prefeito “extremamente chocado” com a morte do amigo pessoal. Além disso, Fortunati lamentou a perda de “um grande gestor político”. A prefeitura de Porto Alegre decretou três dias de luto pela perda do ex-governador de Pernambuco.

“Fiquei extremamente chocado. Eu era amigo do Eduardo Campos, não tenho dúvida de que o Brasil perde um grande estadista, um grande gestor público. Todo mundo sabe disso, independente de sigla partidária, o Eduardo fez um grande governo em Pernambuco. Ele iria qualificar o debate eleitoral, o que é importante para estado democrático de direito. Estou decretando três dias de luto para mostrar que Porto Alegre, que sempre acolheu o Eduardo Campos com carinho, que o povo da cidade está triste com esse falecimento”, disse o prefeito.

Bookmark and Share