Porto Alegre, domingo, 23 de Novembro de 2014

  • 15/08/2014
  • 19:09
  • Atualização: 19:11

Justiça de Caxias condena réu por homicídio depois de mais de 14 anos do crime

Alex Cardoso vai cumprir pena em regime fechado por assassinato

  • Comentários
  • Rádio Guaíba

Após 14 anos, a Justiça de Caxias do Sul condenou Alex Cardoso a prisão  por ter assassinado em 2 de julho de 2000, Raymundo Bernardo da Silva. O réu irá cumprir pena de 14 anos de reclusão em regime inicial fechado. A decisão foi proferida nesta sexta-feira.

Conforme a denúncia do Ministério Público, o acusado executou Raymundo Bernardo da Silva dentro do carro dele no bairro Fátima, em Caxias. Desavenças anteriores entre ambos teriam motivado o crime.

A pena foi ampliada em dois anos porque o réu possui condenação anterior por homicídio cometido em 1999. Alex Cardoso já se encontrava preso preventivamente pelo crime julgado nesta sexta, já que retardou, por quase 12 anos, o andamento do processo, porque não deixou endereço conhecido para a Justiça. O processo chegou a ficar suspenso, bem como o prazo prescricional. Por isso, ele não poderá apelar em liberdade.

Bookmark and Share