Porto Alegre, sexta-feira, 31 de Outubro de 2014

  • 17/08/2014
  • 17:37
  • Atualização: 18:03

Corpos dos pilotos do avião de Eduardo Campos são sepultados

Profissionais morreram na queda da aeronave

  • Comentários
  • AE

Os corpos do piloto Marcos Martins e do copiloto Geraldo Cunha foram sepultados neste domingo, após serem velados durante a madrugada. Os dois profissionais morreram na queda do avião Cessna, na quarta-feira, no litoral de São Paulo, que também vitimou o ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos.

Martins foi sepultado no Cemitério Municipal de Maringá (PR), por volta das 12h30min. Ele deixou dois filhos, de dois  e sete anos. O corpo de Cunha foi enterrado no Cemitério Santa Rita, em Governador Valadares (MG). A cerimônia foi acompanhada por amigos e familiares de Geraldo. O corpo chegou a Governador Valadares pouco antes das 20 horas de sábado, em um avião da Força Aérea Brasileira (FAB), e foi velado a partir das 21h na Sexta Igreja Presbiteriana, onde foi realizado também um culto em homenagem à vítima antes do sepultamento.

Nesta tarde, os corpos dos outros ocupantes da aeronave foram enterrados em outras cidades. O ex-deputado Pedro Almeida Valadares Neto, assessor de Campos, foi enterrado no Cemitério Colina de Saudade, em Aracaju.  

• Leia mais notícias sobre a morte de Eduardo Campos
• Corpo de assessor de imprensa de Campos é enterrado no Recife

Além de Campos e Cunha, morreram no acidente o piloto Marcos Martins; o assessor de imprensa do presidenciável socialista, o jornalista Carlos Augusto Leal Filho, conhecido como Carlos Percol; o fotógrafo Alexandre Severo e Silva; o cinegrafista Marcelo de Oliveira Lyra; e o ex-deputado Pedro Almeida Valadares Neto, assessor de Eduardo Campos.




Bookmark and Share