Porto Alegre, quinta-feira, 18 de Dezembro de 2014

  • 18/08/2014
  • 09:48
  • Atualização: 10:09

Porto Alegre passa a contar com 3 mil PMs

Duzentos policiais chegaram à Capital para reforçar policiamento ostensivo

Duzentos policiais chegaram à Capital para reforçar policiamento ostensivo | Foto: André Ávila

Duzentos policiais chegaram à Capital para reforçar policiamento ostensivo | Foto: André Ávila

  • Comentários
  • Correio do Povo e Rádio Guaíba

Porto Alegre recebeu nesta segunda-feira 200 novos Policias Militares (PMs) - 150 do interior e 50 da Capital que deixam funções administrativas. Com o refoço no efetivo, a Brigada Militar atuará a partir desta terça-feira com 3 mil PMs no policiamento ostensivo da cidade.

Os PMs vão integrar o Comando Operacional de Policiamento (COP) vinculado ao 4º Regimento de Polícia Montada (RPMon). Eles poderão ser identificados por um boné branco e, apesar de servirem de apoio, esses policiais trabalharão independentes dos batalhões de Porto Alegre. 

De acordo com o responsável pelo 4º RPMon, tenente-coronel Carlos Alberto Selistre, os PMs devem apoiar os batalhões da Capital sem prejudicar o policiamento das cidades do interior. "Nós vamos atuar também na fiscalização de ônibus, lotações e táxis como ocorreu na operação Transporte Seguro recentemente, que foi um sucesso", informou.

O sistema funcionará em forma de rodízio: a cada 20 dias os policias serão susbstituídos por nova turma. Na Capital, também passarão por treinamento. Cerca de 80% atuarão no policiamento a pé, o restante trabalhará com viaturas e cavalos.

O reforço busca retomar a sensação de segurança que os moradores de Porto Alegre sentiram durante a Copa do Mundo, quando o policiamento foi reforçado. A previsão é de que a iniciativa se estenda até o final do ano de forma experimental. Com a chegada do verão e o início da Operção Golfinho, haverá reavaliação.

* Com informações da repórter Bibiana Borba

Bookmark and Share