Correio do Povo

Porto Alegre, 18 de Setembro de 2014


Porto Alegre
Agora
20ºC
Amanhã
18º 25º


Faça sua Busca


Notícias > Economia

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

18/08/2014 17:51 - Atualizado em 18/08/2014 22:53

Criação de empregos formais cresceu 3,14% em 2013, aponta pesquisa

Segundo a Relação Anual de Informações Sociais foram criados 1, 49 milhão de postos de trabalho

Dados divulgados nesta segunda-feira na Relação Anual de Informações Sociais (Rais) mostram que o número de empregos formais cresceu 3,14% no ano passado em relação a 2012. Segundo a Rais, em 2013, foram criados 1,49 milhão de novos postos de trabalho formais.

O resultado está acima do do ano anterior, quando o incremento ficou em 2,48%, o que correspondeu a 1,148 milhão de empregos estatutários e celetistas. Dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE) mostram que 2013 foi o ano com menor taxa de desemprego, 5,4%.

O aumento no número de postos formais de trabalho foi puxado pelo crescimento de 4,85% na criação de vagas de estatutários, o equivalente a mais 414,7 mil empregos. Segundo o ministro do Trabalho e Emprego, Manoel Dias, esse aumento é devido à troca de servidores municipais, com a posse dos novos prefeitos, em 2013.

Porém, quando se trata de empregos celetistas, houve desaceleração. Entre 2012 e 2013, o incremento foi 2,76%, equivalente a 1,301 milhão de empregos. Enquanto isso, em 2012, com relação a 2011, houve aumento foi 3,46%. “Houve desaceleração em função do PIB [Produto Interno Bruto, soma de todos os bens e serviços produzidos no país], mas não há nenhuma sinalização de que nós vamos deixar de continuar gerando positivamente emprego no Brasil”, avaliou o ministro.

O montante de vínculos empregatícios no último dia de 2013 no país atingiu 48,948 milhões, ante 47,459 milhões do ano anterior.

Bookmark and Share

Fonte: Agência Brasil






O que você deseja fazer?

Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.