Porto Alegre, sexta-feira, 19 de Dezembro de 2014

  • 20/08/2014
  • 09:53
  • Atualização: 10:34

Hospitais de Porto Alegre firmam parceria para evitar superlotação de emergência

Pacientes do Ipê serão remanejados da Santa Casa para Beneficência Portuguesa

Pacientes do Ipê serão remanejados da Santa Casa para Beneficência Portuguesa | Foto: André Ávila

Pacientes do Ipê serão remanejados da Santa Casa para Beneficência Portuguesa | Foto: André Ávila

  • Comentários
  • Vitória Famer / Rádio Guaíba

O Hospital Santa Casa de Misericórdia e o Hospital Beneficência Portuguesa, ambos de Porto Alegre, assinaram na manhã desta quarta-feira uma parceira para combater o excesso de demanda do Centro Integrado de Emergências Médicas da Santa Casa, frequentemente fechado devido à superlotação.

Primeiramente, somente pacientes que têm convênio com o Instituto de Previdência do Estado do Rio Grande do Sul (Ipê) serão remanejados para o Beneficência Portuguesa. Eles representam cerca de 20% das pessoas que procuram a emergência da Santa Casa. "A estrutura que estamos inaugurando consiste em dez leitos e duas poltronas, totalizando 12 vagas", informou o presidente do Hospital Beneficência Portuguesa, José Antônio Pereira de Souza. 

Souza explicou que a triagem vai identificar se o paciente que chegou à emergência vai permanecer na unidade, se será encaminhado a um especialista ou ao bloco cirúrgico, que funciona 24 horas. "Os atendimentos serão feitos de acordo com a disponibilidade e a especialidade de cada instituição. Por exemplo, nós somos referência nacional em neurologia e neurocirurgia", esclareceu. Ele também afirmou que o hospital é o segundo que mais atende pelo Sistema Único de Saúde (SUS) em Porto Alegre. 

Por se tratarem de pacientes do Ipê, convênio médico usado pelos servidores civis gaúchos, a parceira contou com apoio do governo do Estado.

Bookmark and Share


TAGS » Saúde, Hospital, Geral