Porto Alegre, sexta-feira, 28 de Novembro de 2014

  • 20/08/2014
  • 13:33
  • Atualização: 13:35

Casa Branca confirma autenticidade de execução de jornalista

Assassinato de James Foley foi filmado e divulgado por extremistas islâmicos

Jornalista James Foley foi morto por radicais islâmicos | Foto: Aris Messinis / AFP / CP

Jornalista James Foley foi morto por radicais islâmicos | Foto: Aris Messinis / AFP / CP

  • Comentários
  • AFP

A Casa Branca confirmou nesta quarta a autenticidade do vídeo divulgado na terça-feira mostrando a execução do jornalista James Foley por militantes do Estado Islâmico (EI). "Os serviços de inteligência analisaram o vídeo difundido recentemente que mostra os cidadãos americanos James Foley e Steven Sotloff. Chegamos à conclusão de que este vídeo é autêntico", informou Caitlin Hayden, porta-voz do Conselho de Segurança Nacional, em um comunicado.

O FBI também declarou aos pais do jornalista americano sequestrado acreditar que o vídeo de sua execução é autêntico, informou o GlobalPost, para onde a vítima trabalha. 

Twitter retira vídeos

O Twitter removeu nesta quarta as fotos e o vídeo da decapitação do jornalista americano postados pelos jihadistas. "Suspendemos e estamos ativamente suspendendo as contas à medida que descobrimos que estão relacionadas com essas imagens tão fortes. Obrigado", escreve o CEO Dick Costolo. O YouTube acabou removendo o vídeo de seu site de acordo com sua política contra conteúdos violentos e desrespeitosos.



Bookmark and Share