Porto Alegre, sábado, 1 de Novembro de 2014

  • 21/08/2014
  • 11:59
  • Atualização: 12:00

TSE recebe mais de 93 mil solicitações de voto em trânsito

Prazo para requerer direito termina nesta quinta-feira

  • Comentários
  • Agência Brasil

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) já registrou mais de 93 mil solicitações de eleitores para voto em trânsito em todo País. Foram feitos mais de 48 mil pedidos para o primeiro turno e cerca de 45 mil  para o segundo turno. Todas as pessoas que estiverem fora do seu domicílio eleitoral no dia das eleições têm a opção de votar em trânsito, apenas para presidente da República, em uma das 92 cidades onde haverá essas seções especiais. O prazo para requerer a habilitação no TSE termina nesta quinta-feira.

São Paulo é o estado com mais pedidos de eleitores para votar em outro local: são 10,809 mil  solicitações no primeiro turno e 10,120 mil no segundo. Já o Amapá é a localidade com o menor número de pedidos, com 79 no primeiro turno e 77 no segundo. A maior parte dos requerimentos de habilitação para voto em trânsito também foi feita para São Paulo, nos dois turnos da eleição, 14,081 mil no primeiro e 13,271 mil no segundo. O Acre, por sua vez, será o estado que menos receberá eleitores que votarão em trânsito.

O eleitor que fizer essa opção ficará desabilitado para votar na seção de origem. Municípios com mais de 200 mil eleitores poderão registrar seções de voto em trânsito, com no mínimo 50 e no máximo 600 eleitores habilitados. Caso o número mínimo não seja atingido, os eleitores habilitados deverão ser informados da impossibilidade de votar por meio dessa modalidade. Nesse caso, ficará cancelada a habilitação dos eleitores para votar em trânsito e eles deverão justificar a ausência ou votar na seção de origem. Em 2010, mais de 80 mil  eleitores registraram o pedido para votar em trânsito no primeiro turno e  cerca de 76 mil  no segundo turno.

Bookmark and Share