Porto Alegre, quarta-feira, 26 de Novembro de 2014

  • 21/08/2014
  • 22:38
  • Atualização: 23:11

Apenas 13 candidatos com registro negado no RS recorreram

TRE negou solicitação de candidatura de 50 candidatos

  • Comentários
  • Rádio Guaíba

Depois de concluir, na quarta-feira, a análise dos pedidos de registro de candidatura no Rio Grande do Sul, o TRE gaúcho revelou nesta quinta-feira que dos 50 candidatos que tiveram a solicitação negada, apenas 13 recorreram. Nesses casos, eles podem continuar fazendo campanha até que o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) analise o caso. Entre os que recorreram estão os candidatos a governador João Carlos Mendonça (PMN) e a vice, Roberto Vilodre de Souza (PMN). Em 2010, Mendonça não prestou contas da campanha. Na época, concorreu a vice-governador disputando por outro partido, o PTC.

Dos 16 candidatos a deputado federal com pedido de registro negado no RS, sete recorreram ao TSE e, entre os 32 indeferidos que pretendiam disputar a Assembleia, só quatro apresentaram recurso. Entre os candidatos a senador, os oito tiveram os pedidos aceitos, mas Beto Albuquerque (PSB) renunciou. Incluindo ele, o total de candidatos que desistiu de concorrer chega a 25 – 17 deles a deputado estadual e sete a federal. Sete desses 25 já haviam, inclusive, tido o registro aceito pelo Tribunal.

Na última sessão de julgamento, nessa quarta, dois candidatos a deputado federal tiveram o pedido negado. Um deles, Flávio Zacher, da coligação A Força do Rio Grande (PDT/PSC/PV/PEN/DEM), foi o único que teve o pedido de impugnação da candidatura solicitado pelo Ministério Público Eleitoral e aceito pelo TRE. Nos outros casos, os pedidos não vingaram. No total, o TRE julgou 1.070 solicitações de registro. Os deferimentos permitem que 1.013 pessoas disputem o pleito de outubro. As outras 13 que recorreram ao TSE concorrem sob júdice.

Candidatos analisados: 

- 1.070 processos analisados pela Corte do TRE-RS;
- 25 renúncias (sendo que sete candidatos já haviam tido o registro deferido pelo Pleno e, depois disso, desistiram de concorrer);
- 1.013 deferidos;
- 50 indeferidos.

Por cargo:

- Governador: 7 deferidos, 1 indeferido (com recurso ao TSE);
- Vice-governador: 7 deferidos, 1 indeferido (com recurso);
- Senador: 7 deferidos (suplentes: 14 deferidos e 1 renúncia);
- Deputado federal: 305 deferidos, 16 indeferidos (7 com recurso), 7 renúncias;
- Deputado estadual: 673 deferidos, 32 indeferidos (4 com recurso), 17 renúncias.

Bookmark and Share