Porto Alegre, sexta-feira, 31 de Outubro de 2014

  • 22/08/2014
  • 15:29
  • Atualização: 15:42

Corpos de gaúchos mortos no Paraguai devem chegar ao Brasil na próxima semana

Exumação depende de autorização do Ministério Público do país vizinho

  • Comentários
  • Ananda Müller / Rádio Guaíba

Os corpos dos jovens gaúchos assassinados no Paraguai no fim do mês de julho devem ser trasladados ao Brasil apenas na próxima semana. A informação é do setor de investigação da 1ª Delegacia de Polícia de Bento Gonçalves, cidade onde viviam as vítimas – Lucas Morini, de 23 anos, e Dionatan Cordova Dias, de 28. De acordo com a polícia, a família de um dos jovens chegou a ir até Foz do Iguaçu, na fronteira com o Paraguai, mas foi orientada pela Polícia Federal a aguardar o posicionamento do Ministério Público (MP) do país vizinho sobre a liberação dos corpos.

A documentação referente à identificação foi remetida à polícia paraguaia, que repassou os dados ao MP paraguaio, que vai decidir sobre o procedimento de exumação. Os jovens foram enterrados como indigentes no país vizinho após serem encontrados mortos e sem documentos na manhã do dia 27 de julho. Eles foram localizados em uma estrada do interior da cidade de Itaqyry, distante cerca de 100 km de Foz do Iguaçu. A investigação está a cargo da polícia do Paraguai, mas a polícia gaúcha está colaborando com a confecção do inquérito uma vez que diligências já eram realizadas no Brasil antes da identificação do paradeiro dos jovens.

A partir de laudo papiloscópico, que foi confeccionado a partir da comparação entre as impressões digitais dos jovens com a dos corpos encontrados, foi possível comprovar definitivamente que a dupla sepultada no Paraguai era Lucas e Dionatan. A polícia de Bento Gonçalves confirmou que o consulado brasileiro no país vizinho está ciente e colaborando com a questão. A perspectiva é de que as famílias e as funerárias responsáveis pelo sepultamento possam fazer o traslado dos corpos no começo da próxima semana após a autorização das autoridades paraguaias sobre o caso dos jovens.

Bookmark and Share