Porto Alegre, sábado, 20 de Dezembro de 2014

  • 22/08/2014
  • 16:25
  • Atualização: 16:26

Pesquisadores iniciam estudos para produzir cana-de-açúcar específica para o RS

Cientistas tentam criar cana resistente a pragas e tolerante ao frio e à seca

  • Comentários
  • Lucas Rivas/Rádio Guaíba

Um grupo de pesquisadores ligados à Embrapa e à Petrobras começou a desenvolver estudos que levem a uma variedade de cana-de-açúcar que possa se adaptar ao clima úmido do Rio Grande do Sul. A meta é expandir a produção local de etanol, já que hoje o Estado gaúcho precisa importar quase 100% da demanda.

A pesquisa também vai levar em conta a criação de uma cana resistente a pragas e tolerância ao frio e à seca. Os trabalhos começaram no início de agosto. Devido às condições climáticas, a região Sudoeste se tornou expoente no cultivo de cana.

Com apenas uma usina em funcionamento no Rio Grande do Sul, e outras poucas sendo construídas, o governo federal, como forma de incentivo, anunciou em 2013, uma abdicação fiscal, abrindo mão do recolhimento de 75% dos tributos nos quatro primeiros anos e 50% nos quatro anos seguintes.

De acordo com a Embrapa, cerca de 1,5 milhão de hectares no Rio Grande do Sul estão aptos para o plantio de cana, principalmente no litoral Norte, na região Central e no Noroeste. Com um investimento previsto de 5,5 milhões, a expectativa é de que os resultados do estudo apareçam já nas próximas safras.

Bookmark and Share