Porto Alegre, quarta-feira, 26 de Novembro de 2014

  • 25/08/2014
  • 15:39

Parentes de presos rebelados deixam rodovia bloqueada no Paraná

Grupo se queixa da falta de informações a respeito de familiares e amigos presos na unidade de Cascavel

  • Comentários
  • Agência Brasil

Parentes de presos rebelados da Penitenciária Estadual de Cascavel, no oeste do Paraná, liberaram há pouco o tráfego de veículos no trecho da Rodovia BR 277 que dá acesso ao presídio. Foi o terceiro bloqueio promovido por parentes e amigos de pessoas que cumprem pena naquela presídio desde que, na manhã desse domingo, parte dos detentos se rebelaram e fizeram dois agentes penitenciários reféns. A partir de então pelo menos quatro presos foram mortos – dois deles degolados.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), cerca de 40 manifestantes, entre mulheres e crianças, participaram do último bloqueio, que durou cerca de 45 minutos. O grupo se queixa da falta de informações a respeito de familiares e amigos que cumprem pena na unidade. Oito policiais rodoviários negociaram com os manifestantes para que deixasse o local. Nenhum dano ou incidente foi registrado.

Segundo a secretaria estadual de Justiça, negociadores do Comando de Operações Especiais da Polícia Militar (PM) continuam negociando a libertação dos agentes penitenciários e o fim do motim. Os 145 presos que corriam risco de vida foram transferidos para outros estabelecimentos prisionais do estado.

Ainda de acordo com a secretaria, a penitenciária de Cascavel tem capacidade para 1.116 presos e mantinha 1.038 detentos no momento em que a rebelião foi deflagrada.

Bookmark and Share