Porto Alegre, segunda-feira, 22 de Dezembro de 2014

  • 26/08/2014
  • 07:24
  • Atualização: 07:26

Candidato a vice-governador pelo PMDB vai a SP ouvir Marina

José Paulo Cairoli irá conhecer propostas da ex-senadora para o agronegócio no Brasil

  • Comentários
  • Luiz Sérgio Dibe / Correio do Povo

O candidato a vice-governador na chapa encabeçada pelo peemedebista José Ivo Sartori (PMDB), José Paulo Cairoli (PSD), definirá posição de apoio à candidatura de Marina Silva (PSB) ou de neutralidade na campanha somente depois de ouvir a própria ex-senadora falar sobre suas propostas para o agronegócio no Brasil. O vice de Sartori tem reunião com a presidenciável nesta sexta-feira, em São Paulo, ao lado de boa parte dos empresários do setor no país.

Cairoli já havia dito, na semana passada, que antes de dar seu apoio à ex-senadora gostaria de saber o que ela pensa. Ontem, voltou a revelar sua incerteza acerca do alinhamento entre os parceiros da coligação. “Quero saber a visão dela (Marina) para o setor. As ideias que conheço são as de 2010 e quero ver o que ela pensa hoje”, justificou.

Em novembro do ano passado, quando ainda era governador de Pernambuco e provável candidato do PSB à Presidência, Eduardo Campos já havia se reunido com as principais lideranças do agronegócio brasileiro em um jantar em São Paulo. O encontro havia sido promovido pelo ex-ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento Roberto Rodrigues.

Entre os participantes do encontro estavam representantes da Associação Brasileira do Agronegócio, da Sociedade Rural Brasileira, do Conselho Superior do Agronegócio da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo, além de entidades ligadas à produção de soja, milho, algodão, pesticidas e insumos agrícolas. Na ocasião, Campos já se empenhava em reverter o mal-estar causado pela entrada, no PSB, da ex-ministra do Meio Ambiente, Marina Silva.

Bookmark and Share