Porto Alegre, quinta-feira, 27 de Novembro de 2014

  • 26/08/2014
  • 07:52
  • Atualização: 08:06

Caso Bernardo: Testemunhas e réu são ouvidos hoje

Entre 37 depoentes, está Evandro Wirganovicz, acusado de ocultar o cadáver

Casa da família Boldrini ainda tem cartazes lembrando menino | Foto: André Ávila

Casa da família Boldrini ainda tem cartazes lembrando menino | Foto: André Ávila

  • Comentários
  • Fernanda Pugliero / Correio do Povo

Quase cinco meses após a morte de Bernardo Boldrini, começa nesta terça-feira a fase de instrução do processo judicial. O juiz Marcos Agostini intimou 37 testemunhas residentes na comarca de Três Passos para a primeira audiência, que ocorre a partir das 9h15min no Foro do município. As demais testemunhas, que residem em outras cidades, serão ouvidas por meio de cartas precatórias.

Leia mais notícias sobre o caso Bernardo

Das 37 arroladas, 13 foram indicadas pela acusação e 24 pela defesa dos quatro réus. Entre os depoentes está Evandro Wirganovicz, suspeito de ocultação de cadáver e participação na morte. A irmã dele, Edelvânia, estará presente na audiência.

O transporte de Edelvânia da Penitenciária Estadual Feminina de Guaíba, onde está detida, até o local da audiência ocorre durante a madrugada de hoje. Evandro está detido no Presídio Estadual de Três Passos. Os outros dois réus do processo, Leandro Boldrini, o pai de Bernardo, e Graciele Ugulini, a madrasta, tiveram deferido um pedido judicial para não comparecerem à oitiva das testemunhas.

Entre as testemunhas de acusação estão as delegadas que investigaram o desaparecimento do menino, Caroline Bamberg e Cristiane Bauss. Os réus e peritos do caso serão ouvidos em outras audiências.

Bookmark and Share