Porto Alegre, sexta-feira, 31 de Outubro de 2014

  • 26/08/2014
  • 12:53
  • Atualização: 13:02

Integrante dos "Bala na Cara" é morto em confronto com BM

Tiroteio ocorreu na zona Sul de Porto Alegre

Tiroteio ocorreu na zona Sul de Porto Alegre | Foto: Álvaro Grohmann / Especial / CP

Tiroteio ocorreu na zona Sul de Porto Alegre | Foto: Álvaro Grohmann / Especial / CP

  • Comentários
  • Correio do Povo

Um dos pistoleiros da quadrilha dos Bala na Cara, conhecido como Blade, foi morto na manhã desta terça-feira em confronto com a Brigada Militar. Um cúmplice ficou ferido no tiroteio ocorrido na vila dos Sargentos, no bairro Serraria, na zona Sul de Porto Alegre. A área foi ocupada por mais de 20 policiais militares do Comando de Policiamento da Capital e do 1º BPM com o objetivo de combater o tráfico de drogas. Em um mês, a BM já havia capturado quase todas as lideranças locais.

Ao chegarem em um casa, usada como base da quadrilha, os dois criminosos reagiram à abordagem. Blade, de 21 anos, e o cúmplice estavam armados com três pistolas calibres 380, 40 e 9 milímetros. No confronto, o cúmplice dele foi baleado e rendido. No entanto, Blade fugiu pelos pátios e telhados das moradias vizinhas, sendo que um dos tetos não suportou o peso e ele caiu dentro de uma residência, onde manteve refém um casal e dois filhos pequenos. As vítimas foram soltas e a fuga dele prosseguiu então até as margens do Guaíba, onde Blade se refugiou dentro de outra casa, desta vez sem nenhum morador. No local ocorreu um segundo confronto, sendo atingido o criminoso. Socorrido e levado ao Hospital de Pronto Socorro, ele não resistiu aos graves ferimentos. O cúmplice também foi internado no HPS, sob custódia policial.

Conforme os policiais militares, Blade é acusado de pelo menos cinco homicídios na região, onde costumava impor o terror inclusive aos moradores e seria o principal matador dos Bala na Cara. Os dois suspeitos estavam foragidos. Além das três pistolas, a BM apreendeu os carregadores das armas, munições, celulares, mais de meio quilo de crack e cocaína, além de dinheiro.

Bookmark and Share


TAGS » Polícia