Porto Alegre, quarta-feira, 22 de Outubro de 2014

  • 26/08/2014
  • 14:32
  • Atualização: 14:50

Governo do Estado leiloa mais de 250 itens

Dinheiro arrecadado será destinado ao Tesouro para ser usado em serviços do interesse público

  • Comentários
  • Marco Aurélio Ruas / Correio do Povo

Através da Subsecretaria da Administração Central de Licitações (Celic), o governo do Estado promoveu um leilão de veículos, materiais e equipamentos na manhã desta terça-feira. Ao todo, foram leiloados 251 itens do Estado. O preço de avaliação das peças variaram de R$ 20 a R$ 12 mil. O remate ocorreu no auditório do Centro Administrativo Fernando Ferrari (Caff), com cerca de 150 compradores de diversas regiões do Estado.

Segundo o leiloeiro oficial do Rio Grande do Sul, Giancarlo Peterlongo Menegotto, entre os itens mais peculiares do leilão estavam um caminhão ano 1980, MB 608 D recuperável, e um empilhador de 1971. Um avião Champion AR-58, avaliado em R$ 9,8 mil, também foi leiloado. “A avaliação não é alta. Assim é promovida uma maior disputa pelos itens”, revelou.

Ainda foram leiloados armários, cadeiras, mesas, motocicletas e câmeras fotográficas analógicas da marca Nikon, com lentes e flashes. Porém, o maior número de itens era formado por veículos irrecuperáveis, em que o comprador aproveita as peças. “Por isso a maior parte dos participantes é composta por comerciantes do setor”, salientou Menegotto. A localização dos veículos e equipamentos é listada no edital para visitação.

De acordo com a sub-secretária da Celic, Nizane Torres, os itens levados a leilão são considerados sem utilidade para o Estado. “Os objetos estão sucateados”, justificou. Conforme a sub-secretária, a venda por leilão é uma maneira de aferir o melhor preço aos itens. “O avião foi leiloado por R$ 19 mil. A receita será destinada ao Tesouro do Estado, que redireciona a verba para serviços do interesse público”, salientou.

Bookmark and Share